Série: Saúde auditiva – Os perigos da Poluição sonora 2



Você sabia que perda de audição ou hipoacusia como é conhecia pelos médicos, chega a afetar 1 em cada 7 brasileiros, seja com a perda total ou parcial da audição?

Mas afinal, o que será que de fato causa a perda auditiva? E sobre as pessoas que já nascem surdos? É normal perder a audição à medida que envelhecemos? Quais efeitos que certos medicamentos, podem causar na saúde auditiva?

Estas e outras perguntas serão respondidas aqui no blog numa série de postagens que começam hoje, e primeiro assunto é:

Os perigos da Poluição sonora 

Imagem: Reprodução

Antes de mais nada é importante lembrar que a audição é um instrumento evolutivo fundamental na vida de todos nós.
Como sabem, antes de se prestar à comunicação, a percepção de ruídos até nos ajudam a identificar fontes de perigo. Porém, mundo em que vivemos, a poluição sonora é constante. Apesar de ser facilmente medida, seus efeitos sobre a saúde são muitas vezes subestimados e vão além dos efeitos diretos sobre a capacidade de audição.

A principal causa de perda auditiva é a exposição a sons de forte intensidade, que não só ocorrem em trabalhadores de construção civil e fábricas ou em agricultores, mas também em pessoas que se colocam diante de outros fatores ambientais como festas, shows, bares com muita gente e música alta, fones de ouvido e uso de telefone celular, também são fatores de risco a depender da duração e intensidade.

Alem disso, os prejuízos para a saúde causados por estes fatores vão muitos alem da perda auditiva, e podemos sofrer: Irritação, Doenças Cardiovasculares, perda de Desempenho Cognitivo e Distúrbios de Sono.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 pensamentos em “Série: Saúde auditiva – Os perigos da Poluição sonora