Arquivos da categoria: 2019

O que colocar na sua lista de Resoluções para 2020?

2020 está quase aí, e com ele surgem as listas de metas, objetivos e sonhos a serem realizados.

Talvez na sua lista esteja a casa própria, a sonhada graduação, ter filhos, uma viagem especial com a família. Tudo muito válido e lindo, não é mesmo? Mas que tal, começar 2020 com o pé direito, e incluir na sua lista, dicas de metas essenciais que mudarão a sua vida no próximo ano?

1- Aprender a Língua de Sinais (ou outro idioma)

Passo o ano todo, contando para vocês a importância de se comunicar com os surdos e todos os desafios que enfrentamos.

Primeiramente um dos principais motivos para que você aprender a Língua de Sinais – Libras, é que você estará ganhando mais um aprendizado na sua vida. Aprender Libras é como aprender qualquer outra língua: exige tempo e dedicação. Mas, o ponto positivo é que você pode se tornar bilíngue com o processo. Aprender coisas novas sempre é algo muito engrandecedor para todas as pessoas.

Quer saber mais? Ou quem sabe ter uma aula com tutoria online? Me chame, preços promocionais para os dois primeiros meses do ano.

2 – Levar uma vida mais saudável

Querer um novo ano mais saudável é algo normal e não há problema algum em buscar resoluções pensando em mais saúde para o novo que vai se iniciar, no entanto é preciso se organizar para ter êxito nessa busca.

  • Não seja radical;
  • Na alimentação, faça trocas inteligentes;
  • Busque uma atividade física que lhe dê prazer;
  • Tenha um hobby e se dedique a ele;
  • Trace metas realistas.

E mais: Recebi um release e acabei de conhecer a plataforma de fitness e bem estar ClassPass: E dentre múltiplas atividades físicas como spinning, yoga, funcional, crossfit, pilates, dança, musculação, você pode pode relaxar com massagem ou acupuntura. Ou seja, sem desculpas para um novo estilo de vida. Já quero testar!

3 – Manter a saúde mental

A psicologia e psiquiatria são áreas que cuidam da saúde mental, mas efeitos da depressão, ansiedade e estresse podem ser observados nas mais diversas especialidades médicas como cardiologia, endocrinologia, ginecologia e pode até prejudicar a gestação.

Mas, voltando ao estresse. O estresse no trabalho te perseguiu em 2019? Sabemos que muitas pessoas estão sobrecarregando a própria saúde em busca da alta performance no trabalho sem pensar nos cuidados e a importância da saúde mental. Essa corrida maluca do dia a dia faz com que milhares de pessoas estejam desenvolvendo doenças e transtornos relacionados ao estresse e exaustão, resultando em um crescimento contínuo de casos de Síndrome de Burnout, depressão e transtorno de ansiedade.

Para Mariana Achutti, CEO da SPUTNiK, hub de educação corporativa, ser feliz e produtivo no trabalho não é se matar por ele. Segundo ela, a saúde mental está diretamente ligada à inteligência emocional e precisamos aprender a lidar com estes sentimentos, explica Mariana.

Então, busque o equilíbrio, procure ajuda de um profissional. Dê o primeiro passo agora, ainda em dezembro. Faça aulas de coisas que gosta, ore a Deus, procure uma terapia, faça meditação, viaje mais. Vale tudo, desestresse!!

Veja também:

Tags , , , , , , ,

Férias 2019 – O Museu do Amanhã

O que esperar do Amanhã? Como podemos juntos construir o Amanhã que queremos? Qual o papel de cada um e do Museu neste Amanhã?

Essa é a proposta do Museu do Amanhã: Interagir com o passado, o presente e o futuro numa experiência virtual.

O famoso e maravilhoso Museu do Amanhã.

E que eu mais gostei é que o #MuseudoAmanhã é para todos. Há de fato, muita Inclusão, Diversidade e Cultura. Aproveite os painéis interativos, as placas em Braile e os vídeos em audiodescrição e/ ou em Libras.

Que experiência fantástica, amei demais!

Créditos de Fotos: @blogdospernes, @thaisphotographer e @th.oliver_.

Tags ,

Direito dos Surdos – acesso a vagas de trabalho

Depois de falar do acesso a educação digna, hoje vamos falar dos surdos e seu direito ao trabalho.

Na iniciativa privada: A empresa com 100 ou mais funcionários está obrigada a preencher de 2% a 5% dos seus cargos com pessoas com deficiência.

Na Administração Pública: Pessoas com deficiência têm o direito de se inscrever em concurso público, em igualdade de condições com os demais candidatos, para o provimento de cargos cujas atribuições sejam compatíveis com suas deficiências, reservando-lhes, no mínimo, 5% das vagas do concurso. E o percentual máximo de vagas que deve ser destinado aos candidatos com deficiência é 20%.

EMPREGABILIDADE: Constitui modo de inclusão da pessoa com deficiência no trabalho a colocação competitiva, em igualdade de oportunidades com as demais pessoas, nos termos da legislação trabalhista e previdenciária, na qual devem ser atendidas as regras de acessibilidade, o fornecimento de recursos de tecnologia assistiva e a adaptação razoável do ambiente de trabalho.

E no caso dos surdos, o grande problema é: da-se a vaga, o surdo começa a trabalhar, chegando lá, não tem interprete em reuniões, cursos.

Tags , , , , , , , , ,

O atendimento aos Surdos – Chat na Azul

Depois de mais de 12 anos de tramitação no Congresso Nacional, a Lei Brasileira de Inclusão (LBI – Lei 13.146/15) foi sancionada em julho de 2015 e começou a vigorar nesse mês.  A LBI é uma grande vitória para mais de 45 milhões de brasileiros que possuem algum tipo de deficiência e enfrentam muitas dificuldades de acessibilidade e inclusão. A lei promove mudanças significativas em diversas áreas como educação, saúde, mobilidade, trabalho, moradia e cultura.

Uma das conquistas importantes é do acesso a informação, agora os sites precisam estar acessíveis:

“Art. 63. É obrigatória a acessibilidade nos sítios da internet mantidos por empresas com sede ou representação comercial no País ou por órgãos de governo, para uso da pessoa com deficiência, garantindo-lhe acesso às informações disponíveis, conforme as melhores práticas e diretrizes de acessibilidade adotadas internacionalmente.”

Esse é um avanço para que todos possam usar a internet da mesma forma: cegos, surdos, tetraplégicos, pessoas com paralisia cerebral, entre outras deficiências poderão utilizar tudo que a internet tem para oferecer.

Nesta última semana precisei resolver uns problemas relacionados a compra das minhas passagens áreas para as próximas férias, e consegui resolvê-los, graças ao atendimento via chat da Azul. Parabéns!

Veja também:

Tags , , , , , , , ,

Clube de Cartas – O Envelope

Há quanto tempo você não envia ou recebe uma carta de alguém querido? Sei que é difícil lembrar da última, até porque a tecnologia nos trouxe a rapidez de envio e retorno para falarmos com quem esta longe.

Minhas 4 primeiras correspondências, 2 cartinhas e 2 postais.

Eu lembro quando foi a minha última, a 4 anos, para uma amiga jornalista de São Paulo. E recentemente descobri no Instagram uma conta chamada o Envelope, que incentiva a troca de cartas, e proporciona aos membros uma lista com mais de 500 possíveis novos amigos pessoas.

Quer participar também? Saiba como no site do O envelope, clicando aqui.

Atendente dos Correios (AC ESMERALDA/GO), postando minhas correspondências.

Entrei, e escolhi da lista 4 correspondentes, e enviei hoje as minhas 4 primeiras correspondências. E que gostoso dedicar algum tempo e amor para colocar no papel aquela mensagem.

Agora é só esperar o retorno. 🙂

Tags , , , ,

Direito dos Surdos – acesso a Educação igualitária

Não só os surdos, mas todas as pessoas com deficiências, tem direito a igualdade, e a não discriminação. Pensando nisso, a comissão dos Direitos das pessoas com Deficiência da OAB-GO preparou uma cartilha com todos os direitos que uma pessoa nesta condição devem exigir.

E hoje vamos falar, dos direitos a uma educação igualitária para uma criança com algum tipo de deficiência:

Direito à matrícula: As escolas devem recepcionar as crianças ou adolescentes, independentemente de qualquer situação ou condição. Caso não haja vaga disponível, após a instauração de procedimento adequado, o município arcará com a despesa de manter o aluno na rede particular de ensino.

Direito ao “Professor de Apoio”: É importante frisar que nem todos os alunos de inclusão necessitam desse profissional dada a sua autonomia, mas caso seja comprovada tal necessidade, como o caso dos surdos, que necessitam de um intérprete de Libras, a escola o providenciará sem custo adicional.

Imagem: Reprodução da Internet

Direito ao Currículo Adaptado: A escola deverá adaptar o conteúdo aplicado de acordo com a necessidade da deficiência, por exemplo, adequando trabalhos, atividades e provas de forma acessível, disponibilizando recurso de acessibilidade e de tecnologia assistiva adequados, concedendo dilação de tempo para realização de provas, dentre outras possibilidades, em busca do melhor aproveitamento do aluno.

FIES – Financiamento Estudantil: Adquirindo deficiência incapacitante (invalidez), é direito da pessoa com deficiência ter o saldo devedor do FIES absorvido (quitado) pelo seguro obrigatório presente no financiamento, mesmo em contratos anteriores à Lei nº 11.552, de 19 de novembro de 2007.

Leia o primeiro post da série:

Tags , , , , , , , , ,

Surdos – Você conhece seus Direitos?

Promover a cidadania e contribuir para a participação plena e efetiva dessas pessoas com deficiência na sociedade, em igualdade de condições com as demais, é obrigação do poder público.

A Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência), aprovada em 2015, veio afastar barreiras e qualquer forma de discriminação. A deficiência agora, não afeta a plena capacidade civil da pessoa e não pode obstruir a acessibilidade e a trafegabilidade social.

E a OAB – Ordem dos Advogados do Brasil, com o objetivo de garantir que a sociedade acolha todas as diferenças, elaboraram uma cartilha chamada: Pessoa com Deficiência, Você conhece seus Direitos?

E é muito boa, e engloba todos os tipos de deficiência. E gostei tanto que me senti inspirado a fazer artigos aqui e adaptar para os surdos. Já temos o comando de lei. Agora, precisamos fazer com que estes direitos seja efetivados e implementados na vida de todos. E faremos isso, juntamente com os artigos que serão publicados. Mas antes de mais nada, que tal revisar alguns posts que já fizemos sobre o assunto?

No mais até breve, aguardo vocês para discutirmos mais a respeito não só de nossos direitos, mas também deveres.

Tags , , , , ,

Ordem e progresso é para todos, menos para os surdos no Brasil

Libras – Língua Brasileira de Sinais é a língua oriunda das comunidades surdas do país, e reconhecida através da lei nº 10.436/2002, que a garante como língua de manifestação e expressão das pessoas surdas no acesso à educação, à saúde, à cultura e ao trabalho.

Buscando garantir o efetivo e amplo atendimento das pessoas surdas ou com deficiência auditiva, em 2005, o Decreto nº 5626/2005, passou a exigir do Poder Público, das empresas concessionárias e permissionárias de serviços públicos e os órgãos da administração pública federal, direta e indireta, a utilização de intérpretes contratados especificamente para essa função ou central de intermediação de comunicação que garanta a oferta de atendimento presencial ou remoto, com intermediação por meio de recursos de videoconferência on-line webchat, à pessoa surda ou com deficiência auditiva. (Redação dada pelo Decreto nº 9.656, de 2018)

§ 3º O Poder Público, os órgãos da administração pública estadual, municipal e distrital e as empresas concessionárias e permissionárias de serviços públicos buscarão implementar as medidas referidas neste artigo como meio de assegurar às pessoas surdas ou com deficiência auditiva o efetivo e amplo atendimento previsto no caput.

Chegamos em setembro e é um mês especial para a comunidade surda, e o dia 26/09, dia do surdo, comemora-se conquistas e avanços.

No SENADO, por exemplo, o uso de interpretes já é realidade, e a Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) realizou em 2018, uma audiência pública interativa destinada a debater “O Dia Nacional do Surdo”,

O dia do surdo no Senado em 2018. – Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Mas nem tudo são flores, e a verdade é que durante todo o ano em fico aqui no blog e no Instagram, promovendo a inclusão, o riso e a alegria não dura muito, pois há muito desafios, e muita discriminação.

É quando a coisa aperta no meu trabalho, quando não consigo entender ou aproveitar reuniões ou oportunidades por ser surdo na empresa que está presente em todo o país, lembro-me que a Lei é tão linda mas, que não passa do papel na maioria do casos, tanto é que vale registrar que num período de plena informação e tecnologia avançada em que vivemos, infelizmente ainda encontramos a crença de que no Brasil todos falam português, que todos precisam aprender Inglês, e acabamos esquecendo das línguas indígenas, dos imigrantes e da Língua Brasileira de Sinais, a língua dos surdos.

A tecnologia avança, as leis surgem, mas os surdos ainda continuam sendo deixados de lado. A empresa me incluiu, me deu a vaga. Mas cheguei e não há ferramentas adequadas para me sentir útil. Não há interpretes em reuniões ou cursos. E quando questiono ao grande escalão, aos recursos humanos e ouvidoria da empresa, e até Ministério público do Trabalho, recebo respostas mecanicas e que há precisão para futuros projetos visando incluir os surdos na empresa. E estou aqui a 13 anos, e a discriminação velada prossegue.

Inclusão para os surdos existem, mas a maior parte só na lei. Quanto a ordem e progresso, claramente é só na nossa bandeira.

Tags , , , ,

A Vogue e o Flamboyant

E teve muita informação de moda, desfiles de grandes marcas e ações especiais que eu busquei aproveitar ao máximo, no último dia 12/09, no VFNO Flamboyant 2019, do início ao fim.

Tendências no VFNO Flmaboyant.

Nomes importantes como Layla Monteiro, Sophia Abrahão, e Juju Norremose e marcaram presença, bem como eventos e coquetéis exclusivos que cada loja preparou com muito carinho.

Recebendo o carinho de Layla Monteiro e Luiza.

O Boticário, estava lá com Sadi e um workshop que foi um sucesso. E também promoveu uma campanha em prol da sustentabilidade. Todo mundo que levou uma embalagem ganhou uma linda bag.

E eu minha bag, que especial!

Já a SLN fez uma homenagem a nossa linda Goiânia, e preparou os caftans estampados pela maravilhosa Rossana dos pontos turísticos da nossa linda cidade. Arrasou.

Andrea de Paula, recebeu as empresárias da Nutrizen e a mentora Wanessa Nery para a linda festa em homenagem a nossa cidade.
Com Rossana
E eu não podia deixar de ir e dar um abraço nessa querida.

A Carol da Moncloa também promoveu um coquetel de drinks com chás deliciosos.

Coquetel da Moncloa Goiânia
Até minha mamãe aproveitou, e amamos Moncloa.

Muito obrigado as lojas que me receberam, e o carinho especial ao: O Boticário, SLN, Moncloa Goiânia, Boss, e Imaginarium, e tantas outras. Obrigado também ao Flamboyant e toda a galeta da FatoMais pelo convite. Amei!

Tags , , , , , , ,

Goiânia Fashion Week 2019

O Goiânia fashion Week – GFW (@gfw_official), que em 2019 – abriu na 14ª edição aconteceu. E eu estive lá a convite do Clube Melissa Go para contemplar a beleza das presenças ilustres como @elieserambrosio e @fernandamottaoficial.

E além da @clubemelissago, a passarela brilhou também com um casting pra lá de muito bem selecionado que desfilou para marcas como @mangarosapink, @hangar33shoppingcerrado, @a_piruinha, @jorgebischoff, @mariarosa_modafeminina, @swarovski, @ddgunderwearmen, @3elassemijoias, @siberian_oficial, @riachuelo e @texmalha.

Pontos altos: @a_piruinha e a simpatia e espontaneidade de cada criança que desligou. 

A decolagem da moda masculina da @hangar33shoppingcerrado, e os belíssimos desfiles da @siberian_oficial, @clubemelissago e @swarovski. 

E também a participação da @marcellatavaresoficial, que modelou linda e maravilhosa para a @riachuelo. Amei!

Oportunidades de melhorias: 

Mas, apesar de tudo o belo show que contou com grandes marcas, e um maravilhoso e profissional casting teve muita desorganização que começou logo na entrada e na abertura dos portões,  E que começou “apenas” com 70 minutos de atraso, e brincou com a paciência dos presentes. O atraso foi tanto que muitos foram embora antes do início do show, deixando muitos lugares nas primeiras filas vagos. 

Além disso a temperatura estava alta, e o ar não conseguia refrescar o ambiente pelo menos até o início dos desfiles. Além disso, a iluminação por vezes estava bem mal posicionada, e o som extremamente alto. Eu surdo, tive que tirar os aparelhos auditivos. 

A passarela pareceu não estar 100% segura e estável para os modelos, tanto é muitas meninas tiveram “quase quedas”. 

Comentários adicionais: 

Eu realmente entendo que as pessoas têm planos, vidas, compromissos, famílias para voltar e energia que se esgota. 

O evento brilhou sim, e entendo que fatos e imprevistos acontecem, mas para alegria e conforto dos convidados poderia não ter se atrasado tanto: 70 minutos é muito e foi cansativo esperar, de fato faltou muito respeito aos presentes, todos profissionais envolvidos quanto isso. 

O show brilhou, e com pequenos ajustes, começará brilhar ainda mais e até fazer parte do calendário oficial da moda no Brasil.

No geral parabéns @gfw_official.

Tags , , , , , , , , , , ,