O poder do perdão


O mundo vive tempos de forte intolerância, sentimento que tem encontrado terreno fértil nas redes sociais e onde junto com discursos de ódio conquista cada vez mais adeptos. A sociedade está cada dia mais intransigente com as causas diferentes do comum. Já é tempo de repensar os posicionamentos agressivos e apostar na serenidade, empatia, afeto, e no perdão como antídotos para essa hostilidade.

É hora de aprender a perdoar. Um número cada vez maior de pesquisas indica que o perdão proporciona uma série de benefícios à saúde. Qualquer pessoa pode se tornar mais tolerante quando desenvolve hábitos como a empatia, passando a focar no lado bom das coisas.

Resultado de imagem para perdao
O perdão é Liberdade
Foto: Reprodução da Internet

De acordo com Flora Victoria, mestre em Psicologia Positiva aplicada pela Universidade da Pensilvânia, quando não perdoamos os outros, nos colocamos em uma escravidão mental, física e emocional. “E quando permitimos que isso ocorra, a pessoa que nos feriu pode nos colocar em uma gaiola, sendo que somos os únicos que podemos nos libertar dela”, reforça Flora.

Para a especialista, a habilidade de perdoar prevê uma saúde positiva tanto mental quanto física. O ato do perdão protege contra os efeitos negativos do estresse e faz bem tanto à saúde de quem é perdoado como, principalmente, de quem perdoa.

O Ph.D Frederick Luskin, um dos maiores estudiosos sobre o perdão e diretor do Forgiveness Projects, da Universidade de Stanford, concluiu uma extensa pesquisa sobre o treinamento e a medição da terapia do perdão. Sua pesquisa demonstra que esse ato tão importante leva a um aumento da vitalidade física, esperança, otimismo e habilidades de resolução de conflitos.

“Minha pesquisa mostrou que aprender a perdoar ajuda as pessoas a magoar menos. As pessoas que aprendem a perdoar relatam menos sintomas de estresse, como dores nas costas, tensão muscular, tonturas, dores de cabeça e dores de estômago. Além disso, descrevem melhorias no apetite, no padrão de sono, na energia e no bem-estar geral”, afirma Luskin.

Porém, ele adverte que perdoar não é fácil, mas é uma competência que pode e deve ser treinada pelas pessoas que desejam ser feliz. “Perdão não significa que você precisa se reconciliar com alguém que o tratou mal. Se você foi vítima de abuso, agressão ou está em um relacionamento difícil, pode perdoar o ofensor e, como parte dessa escolha, tomar a decisão de encerrar ou limitar o contato com ele. O perdão é principalmente para a sua paz de espírito”, esclarece Frederick Luskin.

Flora Victoria é mestre em Psicologia Positiva Aplicada pela University of Pennsylvania. Foi considerada a Embaixadora da Felicidade no Brasil por Martin Seligman. É autora de importantes obras como Semeando Felicidade (2017) e Florescimento na Prática (2019) e prepara o seu mais novo livro, editado pela Harper Collins, que será lançado no início de 2020. Possui graduações acadêmicas e especializações nas áreas de Governança Corporativa, pela Harvard Business School; MBA, pela FGV; Marketing, pela ESPM e Tecnologia, pela USCS.

Release: Engaje! Comunicação Inteligente


2 thoughts on “O poder do perdão

  1. Briguei com minha mulher porque ela não queria fazer nada em casa e mandei ela de volta para a casa dos pais dela?
    agora ela não quer voltar, escrevi uma carta de desculpas para mandar com flores estou com medo que ela não volte a carta diz assim…

    Meu amor,

    jamais pensei que um dia fosse obrigado a escrever uma carta deste gênero, implorando desculpas à pessoa que eu amo e que eu sei que também me ama.

    Mas, infelizmente, tive que tomar esta atitude, pois sei que não tenho te tratado com o carinho que você merece, pois tenho deixado que os problemas e a tensão do dia a dia se coloquem acima do amor que eu tenho por você.

    Sei que tenho sido rude e pouco gentil, mas peço-lhe que esqueça os últimos momentos ruins, pois eu prometo que vou me esforçar para que voltemos aos nossos melhores dias, quando eu tratava você com carinho e lhe dava amor e felicidade.

    Quero de novo me dedicar de coração, corpo e alma a você, e peço-lhe novamente que me desculpe por algumas das minhas ultimas atitudes.
    A gente se difere dos animais irracionais porque pensa e fala, e na maioria das vezes a gente se parece com eles porque fala sem pensar
    Você se foi!
    E agora tudo o que resta são as coisas sem valor. Todos os motivos foram poucos para te manter Qualquer barreira que eu colocasse seria fraca para te deter. Juro, eu tentei…
    Mas descobri que meus braços eram curtos para te abraçar! Minhas mãos eram frouxas para te segurar. Queria que soubesse que me alimento das nossas lembranças.
    E que cada lágrima que cai dos meus olhos leva consigo a última das minhas esperanças.
    Olho em minha volta Parece que tudo aqui morreu Sem você o ouro virou pó.
    Sem você a luz do sol desapareceu. Desde a sua partida toda a alegria virou dor.
    Posso garantir só seu corpo consegue me aquecer. Como eu posso te provar que só ao teu lado consigo viver?!? Peço-te uma última coisa… Volta! Faço de tudo para você voltar.
    E se você ainda duvida vou te fazer acreditar. Por você eu furtaria o canto dos pássaros,
    Derreteria toda a neve do mundo. E se você ainda acha pouco, por fim,
    Eu faria até o planeta parar de girar. Não me deixe continuar a viver assim. Pois de todas as coisas que existem, Eu quero simplesmente Ter você de volta para mim!!!
    desculpas, mil desculpas! Eu sei que errei e que a situação desagradável e desconfortável que enfrento (ou enfrentamos…) foi provocada por mim mesmo. Por isso é que começo com um pedido de desculpas que vai se repetir, com certeza, quando nos encontrarmos
    pessoalmente outra vez, o que eu espero que aconteça em breve.
    Assim, admitindo e assumindo o erro, tenho esperança de que você vai
    reconsiderar. Tenho a profunda esperança de que você não vai ficar
    insensível a este meu pedido de reconciliação, pois que você é muito importante para mim e sei
    que posso ser muito importante para você. Mais do que importante, você é a
    pessoa que eu amo e quero ter comigo para sempre.
    Mais uma vez apelo para o seu perdão e imploro
    por um, dois, milhões de beijos seus!

    No dia seguinte eu recebi uma notícia inesperada. Minha ex e os pais foram despejados da casa onde moravam. Foi muito triste, ela ainda implorou para os responsáveis pelo despejo não os colocassem pra rua, mas nada foi resolvido. A família teve que seguir o destino por três dias para casa de um parente que ficava em outro estado, mas antes estavam abrigados na casa da avó da minha ex. Então eu acabei dormindo na casa de um amigo, porque na casa em que eu vivia com ela não iria mais ficar, porque eu não dormiria sem ela. No outro dia, estava saindo pra trabalhar quando encontrei com uma amiga dela e ela me entregou uma carta, pedindo pra eu abrir e ler. Quando eu comecei a ler, fiquei perplexo com as palavras que minha esposa escreveu:

    “Querido, eu lamento que nossa história tenha acabado desse jeito. Eu não lhe dei valor, não lhe dei respeito, amor, carinho, tudo o que eu deveria ter lhe dado. Agora que eu sumi da sua vida, você pode fazer o que quiser da sua vida! Desejo também que você seja feliz e encontre alguém que te ame de verdade! Eu sonhava muito em ser a mãe dos seus filhos, mas agora infelizmente não irei realizar mais esse sonho com você! Eu sei que você escreveu uma carta pra mim implorando pra eu voltar, mas eu não sei se isso será possível, porque não vai mais voltar a ser como era antes e agora vou me embora com os meus pais pra bem longe e não pretendo voltar, vai ser melhor assim! Eu vou seguir a minha vida e você vai seguir a sua! Eu sei que é difícil, doloroso pra nós dois, mas vai ser melhor pra mim e mais eu tenho problemas e dificuldades em quase tudo e talvez esse seja o meu último recurso e sua última chance, porque talvez eu não estarei mais aqui! Eu também peço desculpas por algumas coisas incertas que eu fiz, por não ter sido a melhor esposa, a mulher dos seus sonhos, por ter sido imperfeita e por não ter te agradado nesses últimos dois meses, isso tudo foi porque eu ainda não tinha me acostumado com a vida de casada! Eu lamento também por ter vivido com você por esses apenas dois meses e lamento por tudo ter terminado assim, era eu que deveria ter feito de tudo pra salvar o nosso casamento e também pra manter o nosso casamento mais firme, mas falhei! Por isso tomei essa decisão muito difícil e fiz o que achei melhor pra mim! Eu espero que você entenda! Mas nunca se esqueça que eu te amei um dia! Eu sempre te amei e quero que você saiba que foi muito bom conhecer e estar com você! Mas agora que tudo mudou de repente, você se livrou de mim, você nunca mais vai me ver, nem ouvir falar de mim, as coisas ficaram diferentes pra nós dois! E se acontecer alguma coisa comigo, não se preocupe, tenho certeza de que vou ficar bem!”.

    Eu fiquei arrasado com as palavras que ela me disse na carta. A amiga dela ainda me aconselhou a ir atrás, mas isso não seria possível, pois eles já estavam longe. Mas eu tentei mais uma vez, fui até a rodoviária, mas quando cheguei, já era tarde demais. Ela já tinha partido pra bem longe. Eu contei tudo pro meus amigos e eles disseram que foi melhor assim e me aconselharam a esquecê-la. Disseram que foi melhor ela mudar de cidade e que aqui nada faria bem pra ela. Realmente ela me esqueceu de vez. E agora o que eu faço? Devo seguir o meu destino ou começar tudo de novo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *