Correios promovem o Bem Estar em Goiânia

Foi realizado ontem, no Espaço Cultural do edifício-sede dos Correios em Goiânia/GO, o lançamento oficial do projeto piloto Clube de Corrida, Caminhada e Ginástica Funcional.

Em parceria com a Top Eventos, o projeto do Clube de Corrida, é uma ação do Programa de Bem-Estar no Trabalho que busca promover saúde e qualidade de vida por meio da prática de atividades físicas e da adoção de hábitos saudáveis.

Parte dos coordenadores e participantes do projeto
Clube de Corrida, Caminhada e Ginástica Funcional. – Foto: CORREIOS/GO

Todos os participantes receberam as principais informações sobre as atividades, avaliações físicas e consultas com a nutricionista, e serão avaliados por profissionais e professores do departamento de Educação Física e Nutrição da Estácio, antes dos inícios das atividades.

Após a reunião, foi servido um lanche com mini sanduíches saudáveis, suco e salada de frutas. Estive lá para acompanhar a novidade pois quero e pretendo participar das atividades. Em breve trago mais informações!

Agosto e suas Cores

Instituições, Empresas e Movimentos de Conscientização e Prevenção de Doenças tem ganhado destaque da sociedade e representados em determinados meses por fitas e cores. Apesar que para muitas dessas não existem um calendário oficial sobre as cores dos meses,as campanhas são cada vez mais conhecidas, divulgadas e abraçadas pelas pessoas ao redor do mundo.

Agosto chegou, e ciente da importância do conhecimento dessas causas, trago os assuntos que encontrei na web, de modo a termos a maior quantidade de informações e engajamentos às ações. Vamos nessa?

Agosto Dourado

A campanha “Agosto Dourado” tem objetivo de conscientizar a sociedade sobre a importância da amamentação. A Lei 13.435/2017 prevê a iluminação de prédios públicos com a cor dourada, a promoção de palestras e eventos e a divulgação de informações no rádio, na TV e na internet sobre os benefícios do aleitamento materno. Entre eles, podemos destacar que: 

Segundo especialistas, a amamentação exclusiva até os seis meses, sem a oferta de água, por exemplo, previne doenças e reduz a mortalidade infantil.

Crianças alimentadas com leite materno até 2 anos também desenvolvem, em média, mais inteligência, e têm maior escolaridade e renda.

Projetos de lei no Brasil: Vários projetos no Senado buscam assegurar o direito ao aleitamento materno.

Entre eles, uma proposta da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), que estabelece punição com multa de até R$ 477 mil quem constranger uma mãe que esteja amamentando em locais públicos (PLS 514/2015). 

Para ler a matéria na íntegra, clique aquiSe liga que já começou a Semana mundial da Amamentação (01 a 07 de agosto). 

 

Agosto laranja

Como o 30 de agosto é celebrado em o Dia Nacional de Conscientização da Esclerose Múltipla – EM, nada mais óbvio que passar todo o mês promovendo ações, para falar sobre diagnósticos, tratamentos e sobre como conviver com a EM.

Para quem não sabe, a EM é uma doença autoimune do sistema nervoso central. Sua causa é desconhecida e embora não haja cura, existem tratamentos eficazes. Entre os principais sintomas estão fadiga, problemas de visão (diplopia, neurite óptica, embaçamento), problemas motores (perda de força ou função, perda de equilíbrio) e alterações sensoriais (formigamentos, sensação de queimação).

Para ampliar o conhecimento sobre essa doença, que atinge jovens adultos no mundo inteiro, indicamos a AME – Amigos Múltiplos pela Esclerose, que promove diversas ações do Agosto Laranja.

Agosto Verde Claro

No início do mês de Agosto de 2016, o Grupo Erviegas através da marca da Divisão Diagnósticos: Biocare Medical lançaram a campanha: Agosto Verde Claro. Nos últimos anos, Edson Celulari,  Reynaldo Gianecchini, a ex-presidente Dilma Rousseff e a autora de telenovelas Glória Perez tiveram o diagnóstico da Linfoma.

Esta doença pode ocorrer em qualquer faixa etária; no entanto, é mais comum na idade adulta jovem, dos 15 aos 40 anos, atingindo maior frequência entre 25 a 30 anos.

A incidência de novos casos permaneceu estável nas últimas cinco décadas, enquanto a mortalidade foi reduzida em mais de 60% desde o início dos anos 70 devido aos avanços no tratamento. A maioria dos pacientes com esta enfermidade pode ser curada com tratamento atual.

 

O diagnóstico do linfoma é realizado pela presença de alteração nos gânglios linfáticos, que, de acordo com a localização, podem provocar sintomatologia distinta e, principalmente, pela avaliação histopatológica (avaliação em microscópio). Os gânglios linfáticos aumentam de tamanho, apresentando uma consistência tipo borrachosa. Podem disseminar-se para o fígado e para a medula óssea. 

Os exames utilizados para o diagnóstico da doença são: exames laboratoriais, biópsia do gânglio linfático acometido, radiografia do tórax, tomografia computadorizada do abdome e pelve, biópsia da medula óssea, laparoscopia para casos especiais em que permanece a dúvida de presença da doença dentro do abdome.

Agosto Azul

Em diversos estados, o mês de agosto é destinado para ações de cuidado e prevenção da saúde do homem.

O Estado do Paraná por exemplo definiu que o mês de agosto seria dedicado à realização de ações para incentivar a prevenção e a promoção da Saúde do Homem (Lei n°17.099, de 28 de março de 2012).

Atualmente, as mulheres vivem mais do que os homens, no Paraná elas vivem em média sete anos a mais. Entre os motivos para a diferença está a violência e o alto índice de mortes masculinas ligadas à doenças cardiovasculares, cujo risco de aparecimento é maior em pessoas sedentárias ou que se alimentam de forma inadequada.

Assim, o objetivo principal é motivar uma mudança cultural para que homens procurem atendimento médico e verifiquem sua condição de saúde com mais frequência, antes que doenças se manifestem de forma mais grave. Exames simples como testes para diabetes, hipertensão, aids e hepatite estão disponíveis na rede pública de saúde e podem identificar enfermidades ainda em estágios iniciais.

Mais cores

Agosto Verde em Palmas/TO: Com programação variada e voltada à discussão e à apresentação das técnicas e conceitos que, agregados ao agronegócio e à agricultura familiar, podem favorecer o homem do campo na Capital, acontecerá o Agosto Verde, com diversas ações previstas para o decorrer do mês.

Agosto Violeta no Shopping Anália Franco em São Paulo/SP: O Movimento Agosto Violeta surge alusivo ao Dia Nacional do Perdão, comemorado todo dia 30 de agosto. Com isso, o Shopping Anália Franco, em parceria com o Instituto Ives Ota, apoia a causa e muda suas luzes noturnas para a cor violeta podendo ser visto de diferentes pontos do bairro.

O empreendimento incentiva o movimento com o intuito de promover uma reflexão ao perdão, ação que traz benefícios à saúde física, emocional e mental.

A campanha tem como objetivo final propagar e incentivar a paz. “O mês de agosto é o mês da conscientização e o Shopping Anália Franco busca trazer maior visibilidade para o tema, para que ações de perdão sejam realizadas durante o ano todo.

Convidamos parceiros e clientes a abraçar a causa, praticando pequenas mudanças e atitudes todos os dias” afirma a gerente de marketing do empreendimento Fabíola Soares.

Viva Agosto!

Academia Grátis – Na Smart Fit Friend Voltou

Acabei de completar um ano na Smart Fit, a melhor e mais equipada academia de Goiânia e do Brasil. E a promoção Fit Friends que já falei aqui no ano passado está de volta e convido você para vir malhar comigo.

E funciona assim, se matriculando com um dos meus seis códigos, ganha a taxa de adesão (matrícula) grátis, e eu ganho um mês para malhar. Não é legal?

O preço promocional refere-se apenas à taxa de adesão e não inclui a cobrança de manutenção anual, no valor de R$99,90. Promoção não cumulativa. Esta promoção não é válida para unidades em pré-venda. Consulte o regulamento e unidades participantes aqui.

Confira quais são as unidades de Goiânia e o que eu achei de cada uma delas, quando as visitei a cerca de 1 ano atrás.

As “Smart Fit” de Goiânia

 

 

Exercícios Físicos para se fazer em casa

Reprodução/ Organize sem Frescuras

De todas as incertezas na nossa vida, uma é certa: Quem acha que ouvir, “eu te amo” é bom, nunca ouviu; “como você emagreceu”. 

Pois é, todo mundo quer ter uma melhor qualidade de vida, de modo que sempre estão atrás de dicas para emagrecer, e para viver melhor e se for economizar, melhor ainda.
Por isso, o nosso parceiro Givanildo Matias, Personal Trainer e Educador Físico especializado em emagrecimento e condicionamento físico, criou um treino que pode ser feito em casa, por pessoas iniciantes*, usando itens que todo mundo tem.
Então vamos sair do chão? Confira os treinos e que venha uma vida mais feliz e mais significativa:
Exercício 1: Aquecimento: Corrida Estacionada
Duração: 30 segundos
Como fazer: Em pé, corpo ereto, cotovelos flexionados, corra sem sair do lugar, por apenas 30 segundos, em velocidade lenta para moderada. Respeite o limite do seu corpo.
Descanso: 30 segundos – Após a realização do exercício, realize uma pausa, em pé, de 30 segundos.
Exercício 2: Agachamento com cabo de vassoura
Duração: 30 segundos
Como fazer: Em pé, afaste os pés, um pouco além da largura do corpo, pontas dos dedos para frente. Apoie as mãos no cabo de vassoura, que deve estar a sua frente, e realize o agachamento, até os joelhos formarem um ângulo de 90 graus com o chão. Não desça mais e mantenha a coluna e o pescoço eretos, olhando para o horizonte, com os braços na mesma posição, segurando o cabo de vassoura.
Descanso: 30 segundos – Após a realização do exercício, realize uma pausa, em pé, de 30 segundos.
Exercício 3: Tríceps Francês com garrafa pet
Duração: Dez movimentos com cada braço
Como fazer: Em pé, pés afastados na largura do corpo. Segure uma garrafa cheia de água (de 500 ml) ou um pacote de feijão na mão direita. Eleve os braços acima da cabeça e segure o cotovelo direito com a mão esquerda. Faça movimentos de elevar e abaixar a garrafa de água, transportando-a por trás da cabeça. Repita o movimento dez vezes. Faça o mesmo com o outro braço.
Descanso:30 segundos – Após a realização do exercício, realize uma pausa, em pé, de 30 segundos.
Exercício 4: Polichinelo
Duração: 30 segundos
Como fazer: Em pé, corpo ereto, pés próximos, braços ao lado do corpo, cabeça reta, prepare-se para saltar.
Realize saltos, sem intervalo, abrindo as pernas e elevando os braços acima da cabeça, até os polegares se encontrarem (como na foto).
Descanso: 30 segundos – Após a realização do exercício, realize uma pausa, em pé, de 30 segundos.
Exercício 5: Rosca Arnold (para o bíceps) com pacote de feijão ou açúcar
Duração: Dez movimentos
Como fazer: Em pé, pés afastados na largura do corpo. Segure uma garrafa cheia de água (de 500 ml) ou um pacote de feijão (ou açúcar, ou arroz, qualquer um de 1 kg) em cada mão. Com as palmas viradas para cima, eleve apenas os cotovelos (mãos em direção aos ombros), em dez suaves movimentos. Cuidado para manter o braço parado, apenas o antebraço se move.
Descanso: 30 segundos – Após a realização do exercício, realize uma pausa, em pé, de 30 segundos.
Exercício 6: Abdominal chunch com elevação de pernas
Duração: 30 segundos
Como fazer: Deitado de costas numa superfície reta (colchonete ou piso), coloque as mãos sob a cabeça, com os cotovelos alinhados aos ombros. Eleve os joelhos na altura da cintura e forme um ângulo de 90 graus com as pernas, mantendo os dedos dos pés apontados para cima (como na foto). Contraia o abdômen.
Eleve levemente o tronco, sem forçar o pescoço ou os braços: quem deve trabalhar é seu abdômen, que está contraído. É importante tentar não mexer muito as pernas neste exercício, elas são o apoio para você trabalhar os músculos abdominais.
Descanso:30 segundos – Após a realização do exercício, realize uma pausa, em pé, de 30 segundos.
Exercício 7: Flexão de tronco com garrafa pet ou pacote de alimento
Duração: Dez movimentos
Como fazer: Em pé, pés afastados na largura do corpo. Segure uma garrafa cheia de água (de 500 ml) ou um pacote de feijão em cada mão. Flexione o tronco, levando as mãos em direção aos pés. Desça lentamente, sem forçar a coluna ou flexionar os joelhos. Volte à posição inicial lentamente. Repita o movimento por dez vezes.
Descanso:30 segundos – Após a realização do exercício, realize uma pausa, em pé, de 30 segundos.
Sobre Givanildo Matias
O Educador Físico Givanildo Matias, fundador da rede de academias Hiit20, é graduado em Educação Física pela UNICID, pós-graduado em Fisiologia do Exercício pelo ICB-USP, pós-graduado em Gestão Empresarial pela FGV (Fundação Getúlio Vargas), Conselheiro da Sociedade Brasileira de Personal Trainers, palestrante, colunista de veículos de comunicação e autor do livro “Personal Trainer – Como Alavancar suas Vendas e Gerir seu Negócio”. Empreendedor, Matias criou a Test Trainer, primeira rede de franquias de personal trainers do Brasil e, agora, inicia a expansão por franquias da Hiit20, primeira franquia especializada em emagrecimento do Brasil.
*Como todo exercício físico, este também precisa de orientação médica para ser praticado e quem tem lesões nos joelhos, coluna ou ombro, são hipertensos, cardíacos ou possuem outras contraindicações médicas precisam ser avaliados por seus médicos antes de aderirem à modalidade.

As delícias da Juxx que contribuem para a vida mais saudável

Numa época que somos bombardeados por alimentos e bebidas pouco nutritivas e com alta composição de açúcar conheci a Juxx. 

A Juxx para quem ainda não conhece, é uma empresa 100% brasileira e pioneira no mercado de sucos funcionais, que une em seus produtos simplicidade e inovação, e oferece aos consumidores o melhor dos nutrientes e benefícios das frutas.

Além disso ela é  a primeira marca no Brasil a produzir sucos das frutas: Cranberry, Blueberry, Ameixa e RomãE já que a vida pede mais saúde, temos que ficar de olho na quantidade de açúcar, conservantes e corantes que as empresas adicionam nos nossos alimentos.

E aí que entra os saudáveis e deliciosos sucos Juxx, que para começar são feitos com frutas livres de agrotóxicos, sendo formulados praticamente com fruta e água, com quantidades in natura, acima do desejado, para garantir os benefícios de cada fruta, por exemplo os sucos de Romã e o Antiox, são adoçados com a própria fruta.

E eu pude provar alguns sabores, no qual aproveito este post para comentar que o que achei de cada um deles. Vamos conhece-los?

Blueberry: A fruta é conhecida como a fruta do rejuvenescimento, e possui polifenóis que previne enfartes, males cardíacos e combate o envelhecimento. E é o suco que eu mais gostei, achei muito leve e gostoso, não é doce igual os “DellValles” e “LaFruits” da vida. E gostei tanto que num dia desses atrás tomei na companhia de chá e torradas num café da manhã. 

Antiox: Esse é 100% de frutas vermelhas e sem açúcar e sem adoçante. É só fruta e água o que proporciona um sabor exclusivo e inigualável. E ele ganhou o segundo lugar no meu coração, sim, ele é o meu segundo preferido.

X-mune: Também sobe ao pódio, mas não foi um dos meu favoritos, achei o gosto forte. Possui uma mistura de laranja, acerola, manga com os vegetais cenoura, abóbora e gengibre. Ainda assim é um campeão e forte aliado ao sistema imunológico, uma vez com a adição do composto XIV, rico em Vitaminas A, C, E e B6, Selênio e Zinco, além do Wellmune.

Cranberry: Esqueci de tirar foto do suco. mas para quem não sabe essa fruta é rica em proantocianidinas, que inibem a aderência da bactéria na mucosa da bexiga e da uretra e possui vitaminas A, C e D que ajudam a prevenir gripes e resfriado, e no caso o Cranberry JUXX foi o primeiro suco de Cranberry lançado no Brasil e até hoje é referência funcional por seu altíssimo teor de concentração da fruta, um dos maiores do mundo, e sabor inigualável, que valoriza o paladar característico da fruta. Apesar de benefícios e vantagens acima esse fica na minha opinião em último lugar, dos quatro que experimentei, pois não gosto muito de suco de morango e similares, ainda assim é bem leve, bem parecido com a “leveza” do Blueberry. Quem gosta do sabor de morango vai gostar ainda mais que eu.

Em Goiânia eu não sei onde encontrar, mas de acordo com o site está disponível em grandes redes, como o Pão de Açucar, Walmart e Carrefour. Pena que não tenho costume a ir nesses, bem longe de casa. Mas da pra comprar pela Americanas.com ou nas redes CencoSud que se não me engano tem aqui em Goiânia.

 

 

Este post é uma parceria com a empresa, pois recebi o kit gratuitamente para degustação. Ainda assim e as informações constantes neste refletem a minha opinião sem qualquer coesão ou tipo de pagamento.

Na dúvida em relação aos produtos fale com a Juxx. : (11) 4134-1600  ou www.juxx.com.br.

Na dúvida em relação aos beneficios para sua saúde e qual sabor é mais adequado ao seu estado físico, procure um nutricionista.

Veja também:

Refrigerante ou suco industrializado: qual é a melhor opção?

Mais Saúde: Como melhorar a alimentação – Off no Colesterol

Tem sendo um desafio para mim perder peso, abaixar o triglicérides e o colesterol ruim. Confesso que apesar de fazer academia, de 3 a 5 vezes por semana, a mesma tem dado resultado sim, mas mais no lado emocional, já o cérebro produz a endorfina, que uma substância natural produzida durante e depois de uma atividade física que regula a emoção e a percepção da dor, ajudando a relaxar e gerando bem estar e prazer. Neste contexto tenho sentido grandes avanços e ajuda imensurável para tratar com a depressão, e pretendo continuar fazendo.

Mas estou devendo com a alimentação, e embora esteja ciente que os alimentos funcionais são nutritivos e saudáveis e atuam na redução do risco de doenças, não tenho uma boa dieta. Sei também que de fato é que esses nutrientes prometem atuar na redução do risco de doenças crônicas, como câncer, diabetes e mal de Alzheimer, além de problemas cardiovasculares, ósseos, inflamatórios e intestinais. Contudo, para você conseguirmos alcançar os benefícios desses alimentos, é preciso consumi-los regularmente. Eita, que desafio!

Mas vamos a luta? Primeiro passo: Evite frituras e embutidos

Pois bem, para beneficiar seu organismo é deixar mais de lado gorduras, frituras e embutidos. E montar um cardápio mais equilibrado, com frutas, grãos integrais, peixes, aves e legumes, já que são as principais fontes dos componentes ativos dos alimentos funcionais.

Imagem: Proteste/Reprodução

No entanto, se você estiver consumindo um alimento funcional com a intenção de controlar o colesterol, por exemplo, apenas terá bons resultados caso ele esteja associado a uma dieta pobre em gordura saturada e colesterol. Isso quer dizer que você deve evitar comer carnes à milanesa, peixe frito, salsicha, salaminho, mortadela, biscoitos, bolos industrializados e queijos amarelos.

Saiba ainda que, para ser considerado um funcional ou alegar propriedade funcional, o alimento deve conter alguns componentes essenciais. Por isso, você precisa ficar atento aos rótulos dos produtos nos supermercados, principalmente dos alimentos processados.

Os ácidos graxos (conhecidos como ômega 3 e ômega 6) – são muito benéficos à nossa saúde. Eles ajudam a reduzir danos vasculares, evitando a formação de coágulos (causadores de trombose) e depósitos de gordura nas artérias, diminuindo o colesterol total e ainda desempenhando um importante papel em alergias e processos inflamatórios.

Você pode encontrar os ácidos graxos com facilidade em óleos vegetais (azeite e óleos de soja, girassol e milho), oleaginosas (amêndoas e castanhas), peixes (atum, anchova, carpa, arenque, salmão e sardinha) frutos do mar, linhaça e cereais.

E então, vamos melhorar nossa alimentação?

Texto: Proteste

Leia também no Blog:

Cuidado com o Colesterol alto!

Os benefícios da Castanha do Pará

 

Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa

O mês de junho marca a Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa. E o dia escolhido foi o 15 (sim, estamos atrasados) que foi instituído em 2006, pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa.

O envelhecimento populacional é um fenômeno mundial. Só no Brasil, existem quase 20 milhões de pessoas idosas. Isso representa 11% da população, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), Censo 2010. As projeções apontam, também, que em 40 anos o percentual de pessoas idosas deve triplicar no Brasil, aproximando-se de 29,7% da população. Segundo tais projeções, em 2050 haverá duas vezes mais idosos do que crianças na sociedade brasileira.

Para garantir o envelhecimento da população de forma saudável e tranquila, com dignidade, sem temor, opressão ou tristeza, precisamos trabalhar intensamente na prevenção da violência e na identificação e no encaminhamento correto de casos de violência e, em especial, temos que preparar as novas gerações com informações, materiais e recursos educacionais, de forma a assegurar um envelhecimento digno e saudável.

Idosos protegidos e seguros é uma responsabilidade de todos! Imagem: Reprodução!

 Segundo a Organização Mundial de Saúde: a violência contra a pessoa idosa consiste em ações ou omissões cometidas uma vez ou muitas vezes, prejudicando a integridade física e emocional da pessoa idosa, impedindo o desempenho de seu papel social.

As formas de violência contra a pessoa idosa são diversas, dentre elas podemos citar:

  • Física: é todo ato violento com uso da força física de forma intencional, não acidental, praticada com o objetivo de ferir ou lesar uma pessoa, deixando ou não marcas evidentes em seu corpo e, muitas vezes, provocando a morte. Manifesta-se, de maneira geral, mediante empurrões, beliscões, tapas, socos ou com o uso de armas.
  • Negligência/abandono: negligência é a omissão por familiares ou instituições responsáveis pelos cuidados básicos para o desenvolvimento físico, emocional e social do idoso, tais como privação de medicamentos, descuido com a higiene e saúde, ausência de proteção contra o frio e o calor. O abandono é uma forma extrema de negligência.
  • Sexual: é qualquer ação na qual uma pessoa, fazendo uso de poder, força física, coerção, intimidação ou influência psicológica, obriga outra pessoa, de qualquer sexo, a ter, presenciar ou participar, de alguma maneira, de interações sexuais contra a sua vontade.
  • Econômico-financeira e patrimonial: consiste no usufruto impróprio ou ilegal dos bens dos idosos, e no uso não consentido por eles de seus recursos financeiros e patrimoniais.
  • Autoagressão: refere-se à conduta da pessoa idosa que ameaça sua própria saúde ou segurança, como, por exemplo, agressões contra si próprio(a), as automutilações, os suicídios e tentativas de suicídio.
  • Autonegligência: manifesta-se por meio da recusa de prover a si mesma dos cuidados básicos necessários à sua saúde. Nesse caso, não se trata de terceiros que provocam a violência, e sim da própria pessoa.
  • Psicológica: corresponde a qualquer forma de menosprezo, desprezo, preconceito e discriminação, incluindo agressões verbais ou gestuais, com o objetivo de aterrorizar, humilhar, restringir a liberdade ou isolar a pessoa idosa do convívio social. Pode resultar em tristeza, isolamento, solidão, sofrimento mental e depressão.

Importante lembrar, também, que o art. 19. do Estatuto do Idoso (Lei No 10.741/2003, alterada pela Lei nº 12.461, de 2011) prevê que os casos de suspeita ou confirmação de violência praticada contra idosos serão objeto de notificação compulsória pelos serviços de saúde públicos e privados à autoridade sanitária, bem como serão obrigatoriamente comunicados por eles a quaisquer dos seguintes órgãos:  autoridade policial; Ministério Público; Conselho Municipal, Estadual ou Nacional do Idoso.

A notificação compulsória de violências é um instrumento de vigilância que identifica e qualifica os casos suspeitos ou confirmados de agressão que são atendidos na rede pública de saúde com o objetivo de implementar políticas públicas de atenção às vítimas. A notificação compulsória é registrada no sistema VIVA-SINAN do Ministério da Saúde.

O que fazer quando suspeitar que uma pessoa idosa está sendo vítima de violência?

Quando possível, deve-se conversar com o idoso e, se confirmada a situação de violência ou persistir a suspeita, comunicar ao Conselho do Idoso, Ministério Público ou Delegacia de Polícia. Esses órgãos são os responsáveis por desencadear as medidas protetivas e
de responsabilização. Nos serviços de saúde será realizada a notificação compulsória da violência e acionada a rede de atenção e proteção para o acompanhamento do caso.

Caso eu seja uma pessoa idosa vítima de violência, como proceder?

Procure uma pessoa em que confie, fale sobre o que está acontecendo e peça ajuda a um profissional de saúde de uma unidade perto de sua casa, ou busque o Conselho do Idoso, Ministério Público ou Delegacia do Idoso. É importante que os profissionais, familiares e cuidadores fiquem atentos à violência contra a pessoa idosa, pois nem sempre ela deixa marcas visíveis, ainda que seja constante. Além disso, pode resultar em lesões e traumas que levem à internação hospitalar ou ao óbito.

Informações:
Coordenação de Saúde da Pessoa Idosa COSAPI/ DAPES/SAS/MS.
Endereço: SAF/Sul, Trecho 02, Lote 05/06 – Torre II – Edifício Premium – Bloco 02, térreo Sala 14.  Brasília/DF – CEP: 70070-600
Contatos: Fone: (61) 3315.9138 e E-mail: idoso@saude.gov.br

Fontes:

Ministério da Saúde. Disponível em: <www.blog.saude.gov.br>
Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Disponível em: <www.mds.gov.br>
Notícias JusBrasil. Disponível em: <jusbrasil.com.br>
Portal ONUBR. Nações Unidas no Brasil. Disponível em: <www.onu.org.br>
Portal do Envelhecimento. Sua rede de comunicação e solidariedade. Disponível em: <portaldoenvelhecimento.org.br>

 

Alimentação Saudável e Sustentável (ABPASS)

A obesidade está por toda parte. Tanto é que pesquisa recente divulgada pelo Ministério da Saúde, em parceria com a Agência Nacional de Saúde Suplementar, revela que mais da metade da população brasileira está acima do peso. Entre a população em geral, considerando crianças e adultos, a obesidade chega a incríveis 53,9% da população brasileira. Entre a população adulta, pouco mais de 50% são obesos.

Os dados revelam ainda que a obesidade cresce até mesmo entre os que possuem plano de saúde privado, o que sinaliza que o problema para comer bem não está apenas ligado a questão financeira, uma vez que o percentual da população com recursos para pagar por um plano de saúde privado é reduzido frente ao total brasileiros. O número de pessoas acima do peso ideal entre os usuários de plano de saúde cresceu 36% nos últimos sete anos. Hoje, atinge 17% desses usuários.

 

O mais alarmante desses dados é que o excesso de peso não é apenas uma questão estética, mas é fator que pode contribuir para o surgimento de doenças crônicas, como hipertensão e diabetes. Só para ilustrar, a Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), aponta que o diagnóstico médico de diabetes passou de 5,5%, em 2006, para 8,9%, em 2016. O de hipertensão, no mesmo período, saiu de 22,5% para 25,7%. Em ambos os casos, o diagnóstico é mais prevalente em mulheres.

Relatório conjunto da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) e a Organização Pan-americana de Saúde (Opas) também alertam para o aumento da obesidade e do sobrepeso no Brasil e em toda a América Latina e Caribe. Diversos são os fatores que podem contribuir para o sobrepeso da população: falta de dieta balanceada, ingestão sem moderação de alimentos processados ou gordurosos em excesso e até mesmo por ignorância de técnicas específicas durante o preparo do alimento que podem torna-lo mais saudável ou, ao menos, conservar melhor seus nutrientes. E é justamente para contribuir com o melhor entendimento de todas essas questões que um grupo de especialistas com anos de experiência no setor se uniram par criar a Associação Brasileira para a Promoção da Alimentação Saudável e Sustentável (ABPASS). “Somos uma Associação sem fins lucrativos, constituída por pessoas físicas e/ou jurídicas de diferentes segmentos e setores de atuação, bem como por empresas e entidades interessadas em atuar conjuntamente para a melhoria da qualidade da saúde dos indivíduos através da alimentação, e da utilização, no agronegócio, de processos e métodos mais humanos, justos, seguros e adequados à proteção do meio ambiente”, explica Almir Ribeiro Neto, presidente da ABPASS.

Para desempenhar esta função, uma das estratégias de atuação da Associação será atuar com outras entidades, ou isoladamente, para proporcionar ações transversais destinadas incentivar melhorias na disponibilidade, no acesso e no consumo de alimentos naturais minimamente processados. Neste sentido, entre algumas das medidas adotadas pela ABPASS estão: atuar para ampliar a conscientização e o conhecimento da população acerca da relação entre saúde e alimentação; incentivar a aplicação de melhorias que viabilizem a maior disponibilidade de alimentos saudáveis e sustentáveis, com ênfase no ambiente escolar, no trabalho e nos diferentes tipos de restaurantes, sejam comerciais, grandes coletividades, lanchonetes e similares; contribuir para a melhoria da qualificação dos diferentes profissionais que possam aprimorar a produção sustentável, ou preparo de alimentos saudáveis; e incentivar e reconhecer melhorias dos consumidores e das famílias  quanto a  hábitos alimentares.

Divulgação/ABPASS

“Apenas com maior informação e mudança de hábitos é que poderemos mudar as perspectivas de cenário alarmantes sobre obesidade que algumas pesquisas e entidades já apontam. Um dos principais focos da nossa atuação é a área da educação, conscientizando crianças e seus pais sobre a alimentação saudável.” Outra preocupação é com a alimentação fora do lar que, segundo pesquisas, atende a mais de 20 milhões de pessoas no Brasil a cada dia. “Atuaremos na formação dos profissionais que atuam no setor, principalmente nos restaurantes de médio e pequeno porte e nos restaurantes em locais de trabalho. A Organização Mundial de Saúde aponta que o número de crianças com sobrepeso e obesidade no mundo poderia chegar a 75 milhões, caso nada seja feito.

Sustentabilidade

O Pilar da Sustentabilidade também está presente nas bases da criação da ABPASS porque, não apenas a produção de alimentos, mas o manejo e o preparo das refeições interferem na saúde das pessoas, bem como na manutenção do ecossistema. “Do campo à mesa, há diversas atitudes simples que podem favorecer com que as pessoas tenham uma vida mais saudável e colaborem com a manutenção sustentável do nosso planeta”, comenta Ribeiro Neto. “Afinal, saber aproveitar todas as partes de um alimento, além de permitir extrair o máximo possível dos nutrientes, também gera redução de lixo e resíduos que são descartados no ambiente”, exemplifica o presidente.

Experiências observadas

O segmento de alimentação saudável vem ganhando importância cada vez maior em todo o mundo. Desde os anos 80, nos EUA e na Europa, grupos já agiam em defesa de uma alimentação mais sustentável e que se preocupasse com a saúde das pessoas. O surgimento do movimento Slow Food (www.showfood.com), na Itália, em 1986, é considerado o primeiro passo para que essa visão se estabelecesse de forma oficial. A partir daí, a conscientização foi aumentando e hoje, no mundo inteiro, organizações, empresas, profissionais de saúde e nutrição fazem parte de diferentes movimentos que visam trazer ao consumidor uma alimentação mais saudável.

Atualmente, um dos grandes desafios do país, segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde, é combater a obesidade, que cresceu 60% entre 2010 e 2014. Estudos divulgados pela Organização Mundial da Saúde (www.oms.int) demonstravam que a obesidade continuava ganhando ritmo, inclusive no Brasil.

Tomate: O vermelho saudável – Por Indianara Coimbra

Aquele fruto vermelho é nutritivo e um dos alimentos mais versáteis que existem – base de receitas diferentes como saladas e pizzas -, o tomate tem uma história das mais interessantes: foi considerado venenoso no passado, mas ganhou o mundo e hoje é o fruto mais cultivado do planeta.

E hoje compartilho um pouco sobre as propriedades funcionais do alimento e muitas curiosidades, o texto é de Indianara Coimbra.

O tomate acompanha muito bem qualquer salada, mas é sim, um fruto. Aliás, é o mais cultivado do mundo: com produção anual acima de 120 milhões de toneladas, ele supera a melancia e a banana – respectivamente, o segundo e terceiro de maior popularidade no planeta. O segredo do sucesso? Uma mistura rara de sabor, versatilidade e riqueza nutricional.

As delicias do fruto vermelho que a gente ama.

Apesar de ter ganhado fama com a culinária italiana, o alimento é originário da América, onde já era cultivado por incas e astecas muito antes da chegada dos europeus. Por volta de 1550, os colonizadores levaram as primeiras amostras para países como França e Alemanha, rendendo apelidos como “maçã do paraíso” e “maçã do amor”.

É curioso pensar nisso nos dias de hoje, mas o fruto que se tornou sucesso mundial chegou a despertar medo em seus primórdios, pela crença de que fosse venenoso. Entre as diversas variedades existentes, nenhuma deve ser evitada (muito pelo contrário, qualquer dieta rica conta com essa iguaria).

Entre as principais propriedades do tomate, podemos destacar a vitamina A (que, além da ação antioxidante, é muito importante para a saúde dos olhos e pele), vitamina C (responsável por proteger o sistema imunológico e participar de inúmeros processos importantes para manutenção e promoção da saúde), licopeno (forte aliado do sistema cardiovascular, que protege contra alguns tipos de câncer) e o cálcio (cuja função é manter ossos e dentes saudáveis), além de fibras, que não são consideradas nutrientes, mas devem fazer parte de qualquer alimentação saudável, entre outras funções, por ajudar a regular o intestino.

Tantos benefícios podem ser aproveitados sem prejudicar a boa forma: uma vez que tomates possuem, em geral, em média 28 calorias para 1 porção de 100g, qualidade que os coloca entre as opções favoritas de vegetarianos, por exemplo. Mas a versatilidade é uma das principais características desse fruto, que é simplesmente a base de delícias como o ketchup e os molhos de macarronadas e pizzas.

No Brasil, o tomate dos tipos Carmen, Italiano, Caqui e Sweet grape estão entre os mais comercializados, mas a variedade é extensa. Em comum, todos eles se destacam pelas propriedades funcionais e possuem sabores muito característicos. Não é à toa que ele ganhou o mundo e é sempre bem-vindo em qualquer mesa.

* Indianara Coimbra é nutricionista da Trebeschi, uma das principais produtoras e distribuidoras de tomates do Brasil.

Leia também:

Dia Mundial da Conscientização do Autismo – O meteoro Erick

Hoje é o dia Mundial da Conscientização do Autismo, e vamos homenagear o goiano de Leopoldo de Bulhóes, Erick Henrique de 11 anos, que já está famoso nas redes sociais devido ser fã do cantor Luan Santana. Vamos conhece-lo?

Imagem: Reprodução – Cristiano Borges/ Jornal O Popular

Histórico e dificuldades: 

Em entrevista ao Blog dos Perné’s, Suellen (mãe de Erick) nos informou que com 5 anos, ele começou a apresentar um comportamento incomum. tornando uma criança muito inquieta, nervosa e que não conseguia dormir bem. Aos 6 anos passou a ter crises convulsivas.

Em consulta a um Neurologista, embora não preencha todos os critérios, ele foi pré diagnosticado com autismo e encaminhado para um Neuropediatra.

Porém, sem condições financeiras de pagar um atendimento particular, a mãe só conseguiu uma consulta pelo SUS mais de três anos depois, sendo que em dezembro do ano passado foi atendido no Hospital das Clínicas em Goiânia. E o pré diagnosticou com Epilepsia e Autismo de grau Leve. O diagnostico final só sairá depois de fazer exames genéticos como Cariotipo e CMA, sendo que este último não conseguiu fazer, devido a falta de verba pelo SUS.

 

O fenômeno Luan Santana:

A música do Luan Santana entrou na vida de Erick após as primeiras crises nervosas e convulsões, ou seja após os 6 anos. A mãe tinha comprado o primeiro DVD e quando nas crises de raiva, choro ou inquietações, ela percebia que Erick se acalmava.

– É como jogar água no fogo. Ele muda o comportamento totalmente, diz Suellen.

Então hoje já sabemos a terapia, em casa ou na escola, e Erick é fã, pois até mesmo falando um pouco enrolado, ele as vezes até mesmo pede pra colocar, a sua música preferida: Meteoro. .

Dependência, brincadeiras e educação: 

Ele também não brinca, com brinquedos “normais”. Se der, ele quebra. E depois com agressividade fica tentando arrumar. Mas se diverte, é com embalagens de shampoo, colheres, galhos e etc..

Ainda assim, ele estuda na APAE de Silvânia/Goiás, a 19 km de onde mora, e o trajeto é feito na Van Escolar da prefeitura. A escola onde tem professores capacitados e tratamento psiquiátrico e psicológico. Mas ainda não consegue aprender nada, nem escrever o nome. E também não se enturma.

Apesar de tudo, Erick é muito carinhoso, mas também dependente até para atividades simples como tomar banho, e escovar os dentes. Segundo Suellen, ela precisa sempre ficar de olho, pois ele não tem noção do perigo.

Futuro: 

Pode ser incerto, mas a família espera que o diagnostico correto seja concluído ainda este ano. Só assim ele pode de fato receber um atendimento mais adequado. E também espera poder ter disponível um atendimento médico gratuito que Erick tanto precisa, e quem sabe um Suellen, possa se emocionar vendo  Erick e Luan cantando juntos:: “Te dei o sol, te dei o mar / Pra ganhar seu coração / Você é raio de saudade / Meteoro da paixão …”

E claro que essa dupla a gente quer ver e rever!