Goiânia Fashion Week 2019

O Goiânia fashion Week – GFW (@gfw_official), que em 2019 – abriu na 14ª edição aconteceu. E eu estive lá a convite do Clube Melissa Go para contemplar a beleza das presenças ilustres como @elieserambrosio e @fernandamottaoficial.

E além da @clubemelissago, a passarela brilhou também com um casting pra lá de muito bem selecionado que desfilou para marcas como @mangarosapink, @hangar33shoppingcerrado, @a_piruinha, @jorgebischoff, @mariarosa_modafeminina, @swarovski, @ddgunderwearmen, @3elassemijoias, @siberian_oficial, @riachuelo e @texmalha.

Pontos altos: @a_piruinha e a simpatia e espontaneidade de cada criança que desligou. 

A decolagem da moda masculina da @hangar33shoppingcerrado, e os belíssimos desfiles da @siberian_oficial, @clubemelissago e @swarovski. 

E também a participação da @marcellatavaresoficial, que modelou linda e maravilhosa para a @riachuelo. Amei!

Oportunidades de melhorias: 

Mas, apesar de tudo o belo show que contou com grandes marcas, e um maravilhoso e profissional casting teve muita desorganização que começou logo na entrada e na abertura dos portões,  E que começou “apenas” com 70 minutos de atraso, e brincou com a paciência dos presentes. O atraso foi tanto que muitos foram embora antes do início do show, deixando muitos lugares nas primeiras filas vagos. 

Além disso a temperatura estava alta, e o ar não conseguia refrescar o ambiente pelo menos até o início dos desfiles. Além disso, a iluminação por vezes estava bem mal posicionada, e o som extremamente alto. Eu surdo, tive que tirar os aparelhos auditivos. 

A passarela pareceu não estar 100% segura e estável para os modelos, tanto é muitas meninas tiveram “quase quedas”. 

Comentários adicionais: 

Eu realmente entendo que as pessoas têm planos, vidas, compromissos, famílias para voltar e energia que se esgota. 

O evento brilhou sim, e entendo que fatos e imprevistos acontecem, mas para alegria e conforto dos convidados poderia não ter se atrasado tanto: 70 minutos é muito e foi cansativo esperar, de fato faltou muito respeito aos presentes, todos profissionais envolvidos quanto isso. 

O show brilhou, e com pequenos ajustes, começará brilhar ainda mais e até fazer parte do calendário oficial da moda no Brasil.

No geral parabéns @gfw_official.

Friends na C&A

Camisetas, moletons, meias, pijamas e até acessórios de casa e papelaria, como copos e cadernos, fazem parte de uma coleção pra lá de sensacional em comemoração dos 25 anos da série Friends. (Amo, sou fã!)

E falando em celebrar com grande estilo – literalmente, a C&A lançou uma coleção inspirada na turma de Rachel, Monica, Phoebe, Ross, Chandler e Joey, e os itens da linha são incríveis. Além do tradicional logo do programa, frases famosas dos personagens, como a lendária “How you Doin’“, de Joey, também estampam as peças.

A coleção já está à venda em lojas selecionadas da rede e também no site da marca, que recebeu alguns produtos com exclusividade. Amando, e quero tudo já!

Leia também:

Coquetel de Inauguração: Hugo Boss em Goiânia

Conhecida por sua precisão e elegância, a BOSS, do grupo HUGO BOSS, abriu recentemente as portas de sua primeira loja em Goiânia.

Escolhida por ser uma praça importante para a empresa expandir sua presença no Centro Oeste do país, Goiânia agora conta com a tradição e a impecabilidade da marca, que veste o homem atual para as mais diversas ocasiões.

O ponto escolhido para a abertura da loja fica no Shopping Flamboyant, importante polo comercial que conta com marcas nacionais e internacionais de grande prestígio.

“Estamos muito satisfeitos com a abertura da BOSS em Goiânia – uma ação que faz parte do plano de expansão da marca no Brasil. Atualmente, a BOSS é a marca internacional de vestuário do segmento upper premium com o maior número de lojas no país. ”, comenta Romeo Bonadio, Country Manager HUGO BOSS Brasil.

Para celebrar a chegada da marca na cidade, participei de um coquetel exclusivo para clientes e convidados que agitou a loja no dia 14 de agosto, quarta- feira, com a presença do casal de atores Cássio Reis e Fernanda Vasconcellos.

Com o belo casal, Cássio Reis e Fernanda Vasconcellos
A bela Priscylla Pedrosa também esteve por lá

Os convidados puderam conhecer as novidades da marca, a nova loja e ainda bater um papo com os atores. Foi demais!

Siga o Caminho: Lojas Trailler

Esses dias fiz uma fotos para uma loja maravilhosa, a Trailler oficial. Com looks masculinos maravilhosos a marca é ideal para homens modernos, e que gostam de estar na moda. 
Ela é a mais nova marca do grupo Rima´s, que sempre estão INVESTINDO  em profissionais capacitados e fica sempre por dentro das tendências e matérias-primas que fazem cada coleção ser única e desejada pelo jovem moderno.
Claro que a locação é maravilhosa mas já viu a beleza dessa camiseta? É “Trailler”.
Tanto é que a marca vem buscando desenvolver  e comercializar produtos com qualidade e rentabilidade, proporcionando satisfação aos consumidores. Atendendo os pré-requisitos de forma dinâmica e inovadora, buscando bem-estar e conforto e tem como visão, estar no ramo de confecção masculina, com excelência na formação de referência da moda goiana e brasileira.
Fotos: Bia Miranda (Instagram: @_biaa_).
Acessórios: Chili Beans Shopping Cerrado e Hifly Shopping Passeio das Águas.
Camiseta: Trailler Oficial (@traillerOficial).
Siga o Caminho: Lojas Trailler

Moda Inclusiva Por Andressa Salomone

A estilista Andressa Salomone lançou sua primeira coleção de Moda Inclusiva em desfile em São Paulo. Intitulada La Dolce Belle, a coleção foi inspirada em sua amiga de infância, Izabelle Marquez, que nasceu com mielomeniningocele – má formação na coluna vertebral.

“Acredito que deficiências não são tratadas com naturalidade. E não estou falando apenas da indústria da moda. E essa não é uma questão que pode ser tratada como tabu. Muita gente evita o assunto por receio ou por não ter a oportunidade de conhecer de perto as reais necessidades dessas pessoas.

Precisamos entender que uma marca precisa, sim, oferecer produtos que se adequem a elas. Todo mundo viverá de forma mais integrada e confortável se abordarmos esse tema com mais frequência e com a naturalidade que o assunto merece. Temos que parar de ter medo”, conta Andressa, que criou toda a coleção junto com Izabelle.

Produzido por Carlos Pazzeto, o desfile emocionou o mundo fashion, mostrando a importância da inclusão no mundo da moda. Na passarela, os astros da noite foram 20 participantes, entre cadeirantes e portadores de deficiências físicas, que desfilaram com padrinhos como Preta Gil, Isabella Fiorentino, Di Ferreiro, Arlindo Grund, Paula Martins, Giane Albertoni, Vera Viel, Laura Wie,  Laura Fernandez, Adriana Colin, entre outros. Preta Gil inclusive, não conteve a emoção e fechou sua participação no desfile em lágrimas.

A coleção está a venda à preço acessível para todas as pessoas com algum tipo de deficiência e todo o lucro será revertido para a AACD.

Fotos: Luciana Prezia

Coleção: Andressa Salomone (@byandressasalomone).

Diva do Dia: A grande mulher – Luz del Fuego

Luz del Fuego, símbolo do femininismo, destacou-se por ser uma mulher muito à frente de seu tempo. Despida de preconceitos, a escritora, atriz e dançarina prezava a liberdade de expressão, pregava a volta à natureza, e foi a responsável por trazer ao Brasil movimentos que não existiam à época, como o naturismo. E ela realmente causava furor por onde passava. 

Nascida no Espírito Santo, a geniosa mulher, não aceitava ordens nem opiniões sobre sua vida. Abominava o uso do sutiã. Desfilava pela praia de calcinha e bustiê improvisado com lenços, quando o biquíni ainda estava longe de constar do vocabulário nacional. Do Rio de Janeiro, onde foi morar depois da morte de seu pai, passou a ser conhecida em todo o país, por seus shows seminuas com serpentes. Não é atoa que Luz del Fuego foi homenageada em música pela cantora Rita Lee, como uma “mulher que não tinha medo”.

Após anos de censura e escândalos, ela mudou-se para a “Ilha do Sol” na ainda paradisíaca Baía de Guanabara e passou a vier de suas reservas financeiras que com o tempo foram terminando, e o então mito começara a desaparecer. Mas ela sempre arrematava aos que procuravam ajuda-la: “Não se preocupem, eu sou uma “Luz que não se apaga”.

Mas infelizmente em 19 de Julho de 1967, a Luz se apagou, pois fora assassinada pelos irmãos Alfredo Teixeira Dias e Mozart Dias, que armaram uma emboscada, já que as ações criminosas de Mozart haviam sido apontadas à polícia por Luz e ele queria se vingar. O crime só foi desvendado duas semanas depois, quando Alfredo foi preso e confessou a participação nas mortes. Os corpos foram resgatados no dia primeiro de agosto. Já Mozart escapou de forma espetacular, mas depois de 15 dias foi preso e condenado a pena máxima. que foi cumprida no manicômio judiciário do Rio de Janeiro.

Das “Musas que fizeram a história do Rio”, Luz virou filme, onde foi vivida pela atriz Lucélia Santos. Ela também apareceu em exposições — que narravam a trajetória das mulheres “heroínas do século XX”.  Também já foi mencionada como uma das mulheres históricas do Brasil por “erguer a bandeira do naturismo e zelar pela causa feminina até à sua morte”. Também foi lembrada como uma das representantes do empoderamento feminino.

E já dizia Rita Lee “hoje ela represento a loucura”. Mas não apenas isso, ela também é o símbolo coragem feminina ao enfrentar os espaços tradicionalmente reservados aos homens”. Dora Vivacqua, seu nome de batismo, se afirmava pela diferença, e nunca obedeceu a nenhum padrão, lutava por suas convicções, tanto é que tudo isso apenas fez dela Luz Del Fuego, nome artístico que foi a sua marca e manchete de revistas e jornais de todo o mundo. Luz Del Fuego buscou a sua própria verdade, e com sua beleza e curvas incitou a fantasia e a curiosidade de uma geração de brasileiros.

Leia também sobre nossas outras divas:

Diva do Dia: Rita Lee

Diva do dia: Evita Peron

Diva do dia: As Cores de Frida Kahlo

 

“#Nossa Família #MyCalvins.”

Novidade para os fashionistas de plantão: A Calvin Klein lançou hoje mais um capítulo de sua campanha global da linha CALVIN KLEIN JEANS. Este momento é uma evolução da icônica ação #MYCALVINS que agora passa a se chamar NOSSA FAMÍLIA. #MYCALVINS.

Dirigida pelo fotógrafo Willy Vanderperre, o novo capítulo é estrelado pelos irmãos Kaia e Presley Gerber, filhos da modelo Cindy Crawford. Kaia e Presley, também são modelos, e exibem o principal estilo da CALVIN KLEIN JEANS que estarão disponíveis no Brasil a partir de em março desse ano, tanto nas lojas físicas como online da marca.

O conceito #MYCALVINS tem a família como centro, ou seja, possui uma unidade ao mesmo tempo em que exibe características indivíduais fortes de cada elemento ou geração além de gostos musicais. Esta campanha captura esses laços e traz à tona diferentes maneiras de inspirar famílias – nascidas e criadas – para se conectar uns aos outros e celebrar os laços que nos unem.

 

Dando continuidade às suas estratégias digitais, a marca encoraja o uso da hashtag #MYCALVINS, conhecida mundialmente desde quando foi lançada, em 2014.A campanha #MYCALVINS que todos nós conhecemos alavanca o comportamento dos consumidores e influenciadores maximizando a “selfie”, um fenômeno de compartilhamento de imagem viral. Com um suporte digital em 12 países e campanha outdoor a campanha NOSSA FAMILIA. 

IMAGE CREDITS: © 2018 Willy Vanderperre

Veja também:

O Rayban que eu quero e preciso

 

 

Dicas de higienização de roupas de couro

Roupas de couro nem sempre são baratas, mas uma coisa é certa, elas são atemporais, isto é, nunca saem de moda. E com inverno, onde o clima acostuma ser bem mais frio, principalmente nas regiões do sul do Brasil, elas vão além do aquecer e se tornam fundamentais para valorizar o visual.

Entra ano e sai ano, e o couro está sempre na moda! Imagem: Diesel/ Reprodução

Pensando na versatilidade dessas peças e convidamos nosso parceiro e Gerente Operacional da Quality Lavanderia, Ricardo Monteiro para nos dar dicas dicas práticas e funcionais quando na limpeza e na manutenção, dessas para que  durem longas estações e permaneçam bem cuidadas por mais tempo. Vamos lá? 

  1. Nem todo couro é igual. Apesar do mesmo tipo de tecido, sua essência pode ser variada de acordo com o processo de produção de cada fabricante. Por isso, antes de tudo, fique atento às instruções da etiqueta.
  2. Couro e água. Apesar do couro ser lavado na água por profissionais, o consumidor nunca deve mergulhar uma roupa de couro na água, sem os produtos apropriados, pois pode ocasionar perda de corantes, remoção dos óleos umectantes e lubrificantes contidos nele, causando também rachaduras e  o enrijecimento da peça.  
  3. Limpeza simples. Em artigos de couro liso, podemos utilizar um pano macio umedecido somente com água (sem nenhum tipo de produto químico), para limpar a parte de fora da roupa. Isso eliminará qualquer resíduo. Para a parte interna, o ideal é utilizar um limpador de couro com um pano, exercendo movimentos suaves para retirar a sujeira. Não utilize esponjas, isso pode riscar o couro.  
  4. Secagem. Coloque a peça em um cabide de ombros largo e deixe secar na sombra, em local ventilado. Não exponha ao sol nem deixe em locais muito quentes, pois o calor pode encolher o couro úmido.
  5. Para guardar. Após seca, mantenha a peça no cabide der ombro largo para guardá-la. Isso impede marcas e amassados. Nunca dobre a roupa de couro. Guarde-a dentro de sacos feitos de TNT e não de plásticos. O plástico evita que a ar chegue até o couro, impedindo que ele “respire” e causando o mofo. É importante pelo menos a cada 45 dias, tirar o couro do armário coloca-lo em local bem ventilado e claro para arejar, isso evita a proliferação dos micro-organismos.
  6. Hidrate. O couro é como a pele humana, precisa ser hidratado para evitar ressecamento e rachaduras. Por isso, utilize regularmente um protetor de couro com o auxílio de um pano. Esse processo ajudará a manter o aspecto de novo, com brilho por muito mais tempo.
  7. Tomou chuva? Nunca guarde a peça molhada, tire o excesso de água com um pano e coloque o couro para secar completamente em local fresco e ventilado. Essa secagem pode demorar, mas é fundamental. Após seca, o ideal é hidratá-lo com um produto próprio para couro.
  8. Não é necessário passar. O couro é um dos tecidos que dispensa o uso do ferro elétrico, já que deve ser mantido esticado em um cabide e nunca dobrado.
  9. Limpeza profissional. Para garantir a melhor higienização e qualidade da peça de couro, é recomendável que a leve a uma lavanderia profissional. As técnicas de lavagem e os produtos utilizados garantem a remoção da sujeira e a hidratação do couro.
  10. Manutenção. Realize esse processo de higienização mesmo que não tenha utilizado a roupa. O correto é fazê-lo de quatro em quatro meses, isso permite que o brilho e a vida útil do material sejam prolongados.

Peças de couro estão nas ruas, nas passarelas e nos editoriais. Imagem: Reprodução!

 Sapatos, bolsas e até mesmo cintos também requerem esse cuidado. O couro é um material rico, porém muito sensível às intempéries da natureza, se desgastando com facilidade. “Seguindo essas práticas, o couro se manterá firme por anos, com aspecto de peça nova”, finaliza Ricardo Monteiro, no qual agradecemos as dicas!

____________ Colaboração: Quality Lavanderia

A Quality é um modelo de lavanderia consolidado há mais de 20 anos no mercado e uma marca premiada, que já recebeu 11 Selos de Excelência da ABF, além do Prêmio de Exclusividade no segmento, ao completar dez anos de selo. As lojas possuem equipamentos de alta tecnologia, performance e produtividade, trabalha com produtos e soluções sustentáveis, como tratamento e reutilização de água. É uma lavanderia completa, com qualidade diferenciada de atendimento e de serviços prestados. A Quality é especialista em lavanderias e tem “prazer em cuidar bem” dos clientes, de suas roupas e do meio ambiente. “Cuidar Bem” é confiar em quem conhece bem as roupas e sabe o que elas precisam. 

O Rayban que eu quero e preciso

Que a Rayban é sinônimo de qualidade ninguém duvida. O que talvez não saibam é que eles são ideais para todos os gêneros, todas idades e todos estilos e gostos. Então nada melhor que ficar por dentro dos modelos que nunca saem da moda. 

Os óculos Wayfarer que eu amo e já falei aqui, são um clássico e marcaram uma época em que o Rock’n’Roll e a cultura pop  estavam em ascensão. Os modelos fizeram história e são os queridinhos das estrelas da música e cinema.

Falando em clássicos encontramos também o Clubmaster, pois que combina com qualquer look, e o melhor possui uma versão kids, para as crianças mais antenadas.


Agora se você curte um look básico que tal um modelo que foi inspirado na cultura típica da década de 60, sim estamos falando do Rayban Round, são muito perfeitos. Que tal inovar com uma lente colorida?

E não podemos esquecer do Rayban Aviator, que é o tipo de acessório que vale a pena investir, combina com diversos estilos e dá aquele toque final em looks dos elegantes aos mais descolados. É muito democrático, se adaptando aos estilos feminino e masculino com facilidade.

  • Dica do Blog: prove sempre antes de comprar. Verifique se a armação não fica torta no seu rosto, se não fica batendo na bochecha quando você sorrir ou até mesmo se não está pequeno ou folgado demais. Para outras dicas sobre o Óculos Ideal para seu rosto leia nosso outro post, é só clicar aqui.

Para maiores informações sobre Ray-Ban:
www.ray-ban.com

Sobre a Rayban:

Segundo a Wikipédia, o tenente John MacCready após retornar de uma aventura aérea reclamou que o sol tinha irritado seus olhos. E contatou em Nova Iorque a famosa loja e fabricante de óculos B&L- Bausch & Lomb, pedindo-lhes para criar óculos elegantes e que desse proteção aos seus olhos contra os raios solares. E dessa característica surgiu a Rayban , registrada em 7 de maio de 1937, com a mistura do termo em inglês raio (Ray) e as três primeiras letras da palavra banir (Bannish). E se popularizaram depois que pilotos da Força Aérea dos Estados Unidos adotaram os óculos de sol devido a estas características.

Assim, o modelo Ray-Ban Aviator se tornou um estilo bem conhecido de óculos de sol dada a sua popularidade entre os pilotos. Ficando também internacionalmente conhecido durante Segunda Guerra Mundial, quando o General Douglas MacArthur desembarcou nas Filipinas, ocasião que estava cheia de fotógrafos.  Já na década de 50, foi criado um modelo com armação de plástico e com um desenho inspirado em carros com traseira rabo-de-peixe, muito comum na época. O protótipo foi comprado pela a B&L que registrou a patente como Ray-Ban Wayfarer. Seu objetivo inicial era vende-los também a pilotos, todavia foi adotado por artistas, como Audrey Hepburn.

Desde 1999 a marca pertence a  empresa italiana Luxottica.

Leia também:

Especial – Plus Size Masculino: Eu queria ser Jonah Hill!

Plus Size Masculino: Para curtir ou fugir do Feriado!

Doudoune – A Jaqueta tendência

A estação mais fria do ano chegou, bem vindo inverno!

E a grande tendência da moda para o frio é aquela jaqueta acolchoada e costurada em gomo, que deixa você parecido com o bonequinho da Michelin.  Estamos falando de doudoune

Ela é famosa nas estações de esqui, e já é também um clássico urbano, pois tem seu apelo estiloso e tem conquistado homens e mulheres do mundo todo. O legal que é super indicada para viagem pois nunca amassa.

Imagem: Revista QG

Cuidado: Pois pode ser uma peça complicada, uma vez que aumenta demais a silhueta. E pode ser extremamente quente, e dificil de ser usada com os termômetros marcando qualquer coisa acima de 10 graus,

Dica: Experimente cores vivas e detalhes irreverentes.

 

Fonte:

Canal Masculino – 10 tendências do inverno 2017, para a Moda Masculina.

GQ Brasil – Como usar as cinco peças-chave que você precisa ter no inverno.

Glamour Brasil – Casaco tipo edredom é o hit deste inverno.