Dia de Leitura (Dia do Circo, 27/03): 2por4

Acabei de receber um release maravilhoso da nossa parceria da Editora do Brasil. Trata-se do livro 2POR4 – Um encontro musical com palhaços, que eu já havia recebido e estava esperando uma data especial para publicar aqui para vocês.

E hoje, dia 27/03, é um dia muito especial: O dia do Circo! Então nada mais apropriado para aproveitar a data para dar essa dica para vocês. Respeitável público, senhoras, senhores e senhorios. Hoje tem livro? tem gargalhada? tem palhaço? tem circo?

Sim, tem sim senhor!

Logo já de cara, percebe-se que o livro é lindo começando pela capa. Depois olha que interessante, trata-se de uma peça de teatro e mostra a briga entre dois palhaços para reger, cada um à sua maneira, um quarteto de cordas.

A intenção dos autores – o grupo premiado Esparrama e a maestrina Ester Freire – é que as trapalhadas dos palhaços Batatinha e Nerdolino levem o espectador ao mundo da música por meio da mistura de teatro, piadas, musicalização e muitas gargalhadas. O que é bem legal, não é mesmo?

E tem mais, as cenas engraçadas da dupla são entrecortadas pelas músicas do quarteto, que tem dois violinos, uma viola e um violoncelo, uma formação que surgiu na história da música clássica entre 1750 e 1820. Na tentativa de assumir o papel de regentes do quarteto, os dois se depararão com uma surpresa. Até lá, os diálogos mostram a diversão que uma peça como esta pode proporcionar ao ser encenada. Para os amantes do teatro, é mais uma alternativa para encenar uma peça, que possibilita adaptação de local, de músicos e de cenário, mantendo acesa a chama das artes circenses.

E não acabou, ainda agrada o fato de os cuidados com a edição de 2POR4 serem um espetáculo em si, tão primorosa a qualidade visual do projeto gráfico com ilustrações lindas de Jana Glatt, de um colorido vivo em vermelho, azul, mostarda e preto, complementam os diálogos coloridos e fazem o leitor imaginar o campo de ação dos palhaços e das cenas, deixando claro que o espetáculo no livro se passa em um picadeiro, mas que pode ser encenado em qualquer lugar.

“O livro tem a intenção de incentivar uma aproximação mais divertida com o circo, o teatro, o palhaço e também a música, sobretudo porque ele abre o espaço para um diálogo com essas linguagens de uma forma prática. Nossa intenção foi criar facilitadores para que esta edição fosse usada de diversas formas, inclusive pelos professores no ambiente educativo. Acreditamos que conseguimos”, comentou Luciana.

2POR4 – Um encontro musical com palhaços

Grupo Esparrama e Ester Freire (Ilustrações: Jana Glatt)

Número de Páginas: 48

 

Sobre os autoresGrupo Esparrama e Ester Freire – Nascido em 2012, o grupo Esparrama desenvolve pesquisas sobre a linguagem do palhaço e do teatro infantil. “2POR4 – um encontro musical com palhaços” é o primeiro espetáculo do grupo, que viajou dezenas de cidades do interior do Brasil em mais de 250 apresentações e recebeu o Prêmio São Paulo de Teatro Infantil na categoria Revelação – Direção. O grupo conta ainda com dois espetáculos: “Fim?” e “Esparrama pela janela”, também premiados. A formação do grupo é composta por: Iarlei Rangel, Kleber Brianez, Ligia Campos, Luciana Gandelini e Rani Guerra. A premiada Ester Freire é bacharel em composição e regência, leciona no Conservatório de Tatuí e assina direção musical e artística em diversas parcerias nas áreas de música, literatura e artes cênicas.

Sobre a ilustradora: Jana Glatt trabalha há mais de dez anos com formação de personagens e cenários. Durante seus estudos de ilustração, em Barcelona, encontrou caminho para desenvolver seus interesses de infância combinados com a formação de design gráfico. Nascida no Rio de Janeiro, atualmente vive e trabalha em Barcelona.

Sobre a Editora do Brasil: Fundada em 1943, a Editora do Brasil atua há mais de 70 anos com a missão de mudar o Brasil por meio da educação. Como empresa 100% brasileira, foca a oferta de conteúdos didáticos, paradidáticos e literários direcionados ao público infantojuvenil. Foi fundadora da CBL, SNEL, FNLIJ, IPL e da Abrelivros. Os títulos estão disponíveis para comercialização por meio da loja virtual da Editora Brasil (http://www.editoradobrasil.com.br/lojavirtual/).

Leia também:

Dica de Leitura: “Claro, Cleusa. Claro, Clóvis.”

 

Criando bons hábitos de leitura nos pequenos

 

Rafael Magalhães e o seu Precisava Escrever

 

Dica de Leitura: Areia na Praia

Inspirados neste clima de sol e praia de começo de ano, recebi o release da minha parceria da Editora do Brasil, que traz o lançamento do livro infanto juvenil, Areia na Praia.

A Meg e sua cadelinha Areia desbravam e descobrem o mundo juntas. E o afeto, companheirismo e sentimento de perda são alguns temas abordados na emocionante narrativa de amizade entre uma menininha e sua cachorra. 

A história sobre a amizade verdadeira entre as pessoas e seus animais de estimação tem muito da experiência da autora, que desde criança sempre teve bichinhos. Elma explica que teve uma cachorrinha chamada Meg que esteve com a família por quase doze anos e adorava ir à praia. “Meg, diferentemente de Areia, nem precisava usar coleira, mas costumava correr para muito distante e meus filhos sempre questionavam se ela voltaria. Meg sempre voltava e era uma grande festa e alegria”.

A publicação leva o leitor à reflexão sobre a relação entre seres diferentes. “É permitir que o meu mundo, tão diferente, faça parte do mundo do outro e vice-versa. É uma forma de aprendermos a lidar com outras maneiras de amar, que muitas vezes é complicada, mas sempre gratificante”, completa. Para retratar os lindos momentos do livro, a cor do papel, da areia da praia e da cachorrinha, as ilustrações ganharam vários experimentos. “Como moro perto da praia, as imagens surgiam com as lembranças vivenciadas por mim, por minha família e pelos meus amigos, que amam seus animais. Relações de afetos que contagiam”, orgulha-se.

Autora e ilustradora: Elma

Formato: 21 x 28 cm

Número de Páginas: 32 páginas

Preço sugerido: R$ 46,60

Sobre a autora: Elma tem diversos livros publicados como ilustradora e alguns como escritora. Já ganhou prêmios e suas ilustrações participaram de mostras e exposições no Brasil e no exterior.

Sobre a Editora do Brasil: Fundada em 1943, a Editora do Brasil atua há mais de 70 anos com a missão de mudar o Brasil por meio da educação. Como empresa 100% brasileira, foca a oferta de conteúdos didáticos, paradidáticos e literários direcionados ao público infanto juvenil.

Veja também:

Pets: Porque que amamos tanto os animais?

Criando bons hábitos de leitura nos pequenos

Criando bons hábitos de leitura nos pequenos

De acordo com a quarta edição da Pesquisa Retratos da Leitura no Brasil – que foi encomendada pelo IPL – Instituto Pró-Livro ao Ibope Inteligência, ter um influenciador de leitura dentro de casa faz bastante diferença para criar novos leitores, ou seja, crianças que crescerão com o hábito de ler.

E a pesquisa aponta que 33% dos leitores respondentes sofreram a influência de alguém para começar a gostar de ler. Destes 33%, 19% dos entrevistados alegaram que algum dos responsáveis ou parente influenciou seu desejo pela leitura.

Percebe-se a partir destes dados que a família tem grande relevância na formação de leitores. No entanto, os índices que se referem aos pais ainda são baixos, e há muito a se melhorar.  As políticas de fomento à leitura que o IPL promove têm como intuito proporcionar momentos literários e de estreitamento das relações entre os pais e filhos. E para que isso seja possível, escolha temas que sejam do interesse do seu filho, reserve tempo para ler com ele e ajude-o a descobrir novas aventuras e aprendizados por meio da leitura.

O hábito de leitura se aprende em casa, mas a sociedade também pode contribuir para que nossas crianças leiam cada vez mais. E foi pensando nisso o Blog dos Pernés, a Editora do Brasil e o MFBGO – Mini FAshion Bloggers GO, promoveram no último mês uma parceria para influenciar mini blogueiros do estado de Goiás á bons hábitos de leitura. 

Vamos conferir o resultado dos livro indicado para a faixa etária de 8 a 12 anos?

  • Júlia Nitão, 11 anos – Anápolis/GO.
    • Modelo, integrante do MFBGO e cacheada assumida. É super estudiosa e uma amante de livros. Devorou o “Um Encontro com a Liberdade” em menos de dois dias:
  • João Pedro, 11 anos – Mozarlândia/GO.
    • Está sempre mostrando seu sorriso brilhante e contagiante. Ele também é membro do MFBGO e além de cantar no coral da igreja, é leitor assíduo e amou o livro  “Um Encontro com a Liberdade”, tanto é que ficamos sabendo que leu tudo em apenas um dia:

 

Sobre o Instituto Pró-Livro: O Instituto Pró-Livro (IPL), foi criado no final de 2006 pelas entidades do livro – Abrelivros, CBL e SNEL, com o objetivo principal de fomento à leitura e à difusão do livro. Iniciou suas atividades em 2007. Atualmente é  mantido pelas entidades fundadoras e por contribuições voluntárias de editoras.  As entidades do livro, representando a cadeia produtiva, fundaram o Instituto Pró-Livro assumindo o compromisso de responsabilidade social junto a representantes do governo e sociedade civil, para a promoção de ações de fomento à leitura, orientado pela missão de transformar o Brasil em um país de leitores. O IPL realiza periodicamente a pesquisa Retratos da Leitura do Brasil, maior e mais completo estudo sobre o comportamento do leitor brasileiro, para avaliar impactos, orientar políticas públicas do livro e da leitura, promover a reflexão e estudos sobre os hábitos de leitura do brasileiro e, desta forma, melhorar os indicadores de leitura e o acesso ao livro. www.prolivro.org.br.

Sobre o livro “Um encontro com a Liberdade: ic

Que tipo de pai teria o filho como escravo? Ainda criança Gabriel perdeu a mãe, uma escrava e companheira de seu pai, Valentim, um rico comerciante português. Conforme o tempo passa, o garoto, que sempre trabalhou para o pai, vai entendendo a sua condição e a situação em que outros negros se encontram, aumentando sua revolta. A liberdade lhe parece algo distante e, ao mesmo tempo, assustadora. Afinal, ela realmente resolveria seus problemas? Autêntico e esclarecedor, Júlio Emílio Braz aborda neste livro a libertação dos escravos, conduzindo o leitor a perceber outro lado, muitas vezes desconhecido, sobre a Lei Áurea.
    • Editora: EDITORA DO BRASIL
    • Ano:  2016
    • Idioma: PORTUGUÊS
    • País de Produção: BRASIL
    • Encadernação:  BROCHURA

Sobre o livro “MFBGO”: O Mini Fashion Bloggers GO é uma plataforma digital de mini influenciadores da Moda goiana. Tem como objetivo trabalhar na imagem de que a “Moda é ser Criança”, Atualmente é composta por 8 crianças que juntas somam quase 150 mil seguidores no Instagram.

Exercícios Físicos para se fazer em casa

Reprodução/ Organize sem Frescuras

De todas as incertezas na nossa vida, uma é certa: Quem acha que ouvir, “eu te amo” é bom, nunca ouviu; “como você emagreceu”. 

Pois é, todo mundo quer ter uma melhor qualidade de vida, de modo que sempre estão atrás de dicas para emagrecer, e para viver melhor e se for economizar, melhor ainda.
Por isso, o nosso parceiro Givanildo Matias, Personal Trainer e Educador Físico especializado em emagrecimento e condicionamento físico, criou um treino que pode ser feito em casa, por pessoas iniciantes*, usando itens que todo mundo tem.
Então vamos sair do chão? Confira os treinos e que venha uma vida mais feliz e mais significativa:
Exercício 1: Aquecimento: Corrida Estacionada
Duração: 30 segundos
Como fazer: Em pé, corpo ereto, cotovelos flexionados, corra sem sair do lugar, por apenas 30 segundos, em velocidade lenta para moderada. Respeite o limite do seu corpo.
Descanso: 30 segundos – Após a realização do exercício, realize uma pausa, em pé, de 30 segundos.
Exercício 2: Agachamento com cabo de vassoura
Duração: 30 segundos
Como fazer: Em pé, afaste os pés, um pouco além da largura do corpo, pontas dos dedos para frente. Apoie as mãos no cabo de vassoura, que deve estar a sua frente, e realize o agachamento, até os joelhos formarem um ângulo de 90 graus com o chão. Não desça mais e mantenha a coluna e o pescoço eretos, olhando para o horizonte, com os braços na mesma posição, segurando o cabo de vassoura.
Descanso: 30 segundos – Após a realização do exercício, realize uma pausa, em pé, de 30 segundos.
Exercício 3: Tríceps Francês com garrafa pet
Duração: Dez movimentos com cada braço
Como fazer: Em pé, pés afastados na largura do corpo. Segure uma garrafa cheia de água (de 500 ml) ou um pacote de feijão na mão direita. Eleve os braços acima da cabeça e segure o cotovelo direito com a mão esquerda. Faça movimentos de elevar e abaixar a garrafa de água, transportando-a por trás da cabeça. Repita o movimento dez vezes. Faça o mesmo com o outro braço.
Descanso:30 segundos – Após a realização do exercício, realize uma pausa, em pé, de 30 segundos.
Exercício 4: Polichinelo
Duração: 30 segundos
Como fazer: Em pé, corpo ereto, pés próximos, braços ao lado do corpo, cabeça reta, prepare-se para saltar.
Realize saltos, sem intervalo, abrindo as pernas e elevando os braços acima da cabeça, até os polegares se encontrarem (como na foto).
Descanso: 30 segundos – Após a realização do exercício, realize uma pausa, em pé, de 30 segundos.
Exercício 5: Rosca Arnold (para o bíceps) com pacote de feijão ou açúcar
Duração: Dez movimentos
Como fazer: Em pé, pés afastados na largura do corpo. Segure uma garrafa cheia de água (de 500 ml) ou um pacote de feijão (ou açúcar, ou arroz, qualquer um de 1 kg) em cada mão. Com as palmas viradas para cima, eleve apenas os cotovelos (mãos em direção aos ombros), em dez suaves movimentos. Cuidado para manter o braço parado, apenas o antebraço se move.
Descanso: 30 segundos – Após a realização do exercício, realize uma pausa, em pé, de 30 segundos.
Exercício 6: Abdominal chunch com elevação de pernas
Duração: 30 segundos
Como fazer: Deitado de costas numa superfície reta (colchonete ou piso), coloque as mãos sob a cabeça, com os cotovelos alinhados aos ombros. Eleve os joelhos na altura da cintura e forme um ângulo de 90 graus com as pernas, mantendo os dedos dos pés apontados para cima (como na foto). Contraia o abdômen.
Eleve levemente o tronco, sem forçar o pescoço ou os braços: quem deve trabalhar é seu abdômen, que está contraído. É importante tentar não mexer muito as pernas neste exercício, elas são o apoio para você trabalhar os músculos abdominais.
Descanso:30 segundos – Após a realização do exercício, realize uma pausa, em pé, de 30 segundos.
Exercício 7: Flexão de tronco com garrafa pet ou pacote de alimento
Duração: Dez movimentos
Como fazer: Em pé, pés afastados na largura do corpo. Segure uma garrafa cheia de água (de 500 ml) ou um pacote de feijão em cada mão. Flexione o tronco, levando as mãos em direção aos pés. Desça lentamente, sem forçar a coluna ou flexionar os joelhos. Volte à posição inicial lentamente. Repita o movimento por dez vezes.
Descanso:30 segundos – Após a realização do exercício, realize uma pausa, em pé, de 30 segundos.
Sobre Givanildo Matias
O Educador Físico Givanildo Matias, fundador da rede de academias Hiit20, é graduado em Educação Física pela UNICID, pós-graduado em Fisiologia do Exercício pelo ICB-USP, pós-graduado em Gestão Empresarial pela FGV (Fundação Getúlio Vargas), Conselheiro da Sociedade Brasileira de Personal Trainers, palestrante, colunista de veículos de comunicação e autor do livro “Personal Trainer – Como Alavancar suas Vendas e Gerir seu Negócio”. Empreendedor, Matias criou a Test Trainer, primeira rede de franquias de personal trainers do Brasil e, agora, inicia a expansão por franquias da Hiit20, primeira franquia especializada em emagrecimento do Brasil.
*Como todo exercício físico, este também precisa de orientação médica para ser praticado e quem tem lesões nos joelhos, coluna ou ombro, são hipertensos, cardíacos ou possuem outras contraindicações médicas precisam ser avaliados por seus médicos antes de aderirem à modalidade.

Dica de Leitura: “Claro, Cleusa. Claro, Clóvis.”

O que as figuras geométricas tão diferentes como um quadrado, um triângulo e um círculo podem nos ensinar sobre a amizade e o relacionamento interpessoal?

Em “Claro, Cleusa. Claro, Clóvis”, da Editora do Brasil, a escritora, ilustradora e designer gráfico premiada Raquel Matsushita usa a movimentação e a criatividade de seus desenhos para demonstrar ao público infantil o benefício que a abertura de espaço para a união dos amigos pode causar.

O livro conta a amizade de Cleusa, um triângulo; e Clóvis, um quadrado; que se completam perfeitamente, até o dia em que Clóvis fica doente e surge Catarina, uma nova personagem, na figura de um círculo. Inicialmente, a presença de Catarina incomoda, mas eles descobrirão que novas formas de construção da amizade podem surgir.

Uma coisa é certa, o livro é magnifico e nos ensina bastante sobre as amizades, e mostra que a união do trio geométrico abre infinitas leituras de imagens, que possibilitam ao leitor fazer sua própria interpretação para dar sentido às novas formas de amizade. Um livro, que de maneira divertida e criativa, vai ajudar as crianças (e adultos) a abrir espaço para os relacionamentos interpessoais.

Já recebei o meu e fiquei encantado, obrigado Editora do Brasil.

Sobre a Editora do Brasil: Fundada em 1943, a Editora do Brasil atua há mais de 70 anos com a missão de mudar o Brasil por meio da educação. Como empresa 100% brasileira, foca a oferta de conteúdos didáticos, paradidáticos e literários direcionados ao público infantojuvenil.

Leia também aqui no Blog:

Artigos sobre Inclusão, Surdez e Língua de Sinais

Outros Livros da Editora do Brasil:

As delícias da Juxx que contribuem para a vida mais saudável

Numa época que somos bombardeados por alimentos e bebidas pouco nutritivas e com alta composição de açúcar conheci a Juxx. 

A Juxx para quem ainda não conhece, é uma empresa 100% brasileira e pioneira no mercado de sucos funcionais, que une em seus produtos simplicidade e inovação, e oferece aos consumidores o melhor dos nutrientes e benefícios das frutas.

Além disso ela é  a primeira marca no Brasil a produzir sucos das frutas: Cranberry, Blueberry, Ameixa e RomãE já que a vida pede mais saúde, temos que ficar de olho na quantidade de açúcar, conservantes e corantes que as empresas adicionam nos nossos alimentos.

E aí que entra os saudáveis e deliciosos sucos Juxx, que para começar são feitos com frutas livres de agrotóxicos, sendo formulados praticamente com fruta e água, com quantidades in natura, acima do desejado, para garantir os benefícios de cada fruta, por exemplo os sucos de Romã e o Antiox, são adoçados com a própria fruta.

E eu pude provar alguns sabores, no qual aproveito este post para comentar que o que achei de cada um deles. Vamos conhece-los?

Blueberry: A fruta é conhecida como a fruta do rejuvenescimento, e possui polifenóis que previne enfartes, males cardíacos e combate o envelhecimento. E é o suco que eu mais gostei, achei muito leve e gostoso, não é doce igual os “DellValles” e “LaFruits” da vida. E gostei tanto que num dia desses atrás tomei na companhia de chá e torradas num café da manhã. 

Antiox: Esse é 100% de frutas vermelhas e sem açúcar e sem adoçante. É só fruta e água o que proporciona um sabor exclusivo e inigualável. E ele ganhou o segundo lugar no meu coração, sim, ele é o meu segundo preferido.

X-mune: Também sobe ao pódio, mas não foi um dos meu favoritos, achei o gosto forte. Possui uma mistura de laranja, acerola, manga com os vegetais cenoura, abóbora e gengibre. Ainda assim é um campeão e forte aliado ao sistema imunológico, uma vez com a adição do composto XIV, rico em Vitaminas A, C, E e B6, Selênio e Zinco, além do Wellmune.

Cranberry: Esqueci de tirar foto do suco. mas para quem não sabe essa fruta é rica em proantocianidinas, que inibem a aderência da bactéria na mucosa da bexiga e da uretra e possui vitaminas A, C e D que ajudam a prevenir gripes e resfriado, e no caso o Cranberry JUXX foi o primeiro suco de Cranberry lançado no Brasil e até hoje é referência funcional por seu altíssimo teor de concentração da fruta, um dos maiores do mundo, e sabor inigualável, que valoriza o paladar característico da fruta. Apesar de benefícios e vantagens acima esse fica na minha opinião em último lugar, dos quatro que experimentei, pois não gosto muito de suco de morango e similares, ainda assim é bem leve, bem parecido com a “leveza” do Blueberry. Quem gosta do sabor de morango vai gostar ainda mais que eu.

Em Goiânia eu não sei onde encontrar, mas de acordo com o site está disponível em grandes redes, como o Pão de Açucar, Walmart e Carrefour. Pena que não tenho costume a ir nesses, bem longe de casa. Mas da pra comprar pela Americanas.com ou nas redes CencoSud que se não me engano tem aqui em Goiânia.

 

 

Este post é uma parceria com a empresa, pois recebi o kit gratuitamente para degustação. Ainda assim e as informações constantes neste refletem a minha opinião sem qualquer coesão ou tipo de pagamento.

Na dúvida em relação aos produtos fale com a Juxx. : (11) 4134-1600  ou www.juxx.com.br.

Na dúvida em relação aos beneficios para sua saúde e qual sabor é mais adequado ao seu estado físico, procure um nutricionista.

Veja também:

Refrigerante ou suco industrializado: qual é a melhor opção?

1.ª Convenção de Colecionadores de Miniaturas de Goiânia

Promovido pelo “Mini Carros GO”, com apoio do Blog dos Pernés,  Rihappy e Shopping Passeio das Águas, acontece no dia 05 e 06/08/2017 no Passeio das Águas em Goiânia/GO, a 1.ª Convenção de Colecionadores de Miniaturas de Goiânia9.º Encontro do Mini Carros GO.

É isso mesmo, a equipe do “Mini Carros Go” e seus amigos estarão expondo as mais lindas, perfeitas e raras miniaturas de veículos de suas coleções nas mais diversas escalas e numa grande variedade de temas e marcas.

Todo o evento será coberto no nosso Instagram (BLOG DOS PERNES) e depois aqui no site. Mas não seja por isso venha nos visitar, estamos esperando vocês!

Acontece: 1.ª Convenção de Colecionadores de Miniaturas de Goiânia e 9.º Encontro do Mini Carros GO.

Onde: Shopping Passeio das Águas

Av. Perimetral Norte, esquina com Av. Goiás – GoiâniaGO

Local: Área Central do Shopping, em frente a Loja Renner.

Quando: Dias 05 e 06 de Agosto de 2017

Dia 05/08, das 10:00 as 22:00 e 06/08 das 14:00 as 20:00.

Continue reading “1.ª Convenção de Colecionadores de Miniaturas de Goiânia”

Das Séries que Amamos: “Anne com E”

No fim do século 19 viveu uma menina linda, doce, inteligente, leve, faladeira e otimista chamada Anne.

Anne começa a série na expectativa ser amada e feliz. – Imagem: Netflix/Divulgação

Anne é personagem da nova série da Netflix: “Anne with an E” da obra “Anne of Green Gables”, no qual contamos nossa impressão agora, e já avisamos para que não esqueça, que ao ler Anne, você deve pronunciar ” E”, no final. Recado dado, vamos nos apaixonar?

Tudo começa quando a orfã Anne Shirley, chega a Ilha de Príncipe Eduardo, no Canadá, onde viverá com sua nova família adotiva.

Mas não pense que é uma família comum de marido e mulher. Na verdade trata-se de um casal de irmãos Matthew e Marilla, que estão já idosos e que nunca tiveram filhos. E com a idade, resolvem adotar um menino para ajuda-los nas tarefas da propriedade rural onde vivem.

Imaginem a surpresa e a decepção ao descobrirem que na verdade não veio um menino e sim a doce e sorridente menina Anne (com E), que mal pode acreditar que terá uma família, um lar eque  se belisca o tempo todo para ter certeza que é a realidade. Mas na estação, Matthew encontra a menina e não tem coragem de desfazer o mal-entendido.

A família unida – Imagem: Netflix/Divulgação

Chegando na casa, Marilla é resistente à presença de Anne. Mas, com o passar dos dias, ela se encanta com a menina, que faz de tudo para ser aceita como membro da família.

A inteligência e a grande imaginação de Anne são os pontos altos da série, e vão além da relação de afeto entre ela e os novos “pais”. Ainda assim nem tudo são flores, até porque Anne detesta seu cabelo ruivo, suas sardas e sofre bullying de todos, inclusive na escola, e pelo próprio padre da cidade por ser órfã, pobre ou os cabelos vermelhos demais.

Aos poucos, a menina ganha a confiança do povo da cidade, e consegue evitar que um incêndio tome proporções assustadoras, salva uma criança doente e ajuda a impedir a falência da propriedade da família. Mostrando que o otimismo sempre é necessário para lidar com as dificuldades da vida. Anne é Show, e é um exemplo de como devemos levar a vida: Com alegria, esperanças e muito amor e imaginação: Viva Anne!

Anne, 2017 – Canadá

Elenco: Amybeth McNulty, Geraldine James, R.H. Tomson, Dalila Bela, Corrine Koslo, Aymeric Jett Montaz, Helen Johns, Lucas Jade Zumann, Christian Martyn & Kyla Matthews

Direção: Niki Caro, David Evans, Paul Fox, Sandra Goldbacher, Patricia Rozema, Helen Shaver & Amanda Tapping

Roteiro: Moira Walley-Beckett

Fotografia: Bobby Shore

Agradecimentos: Ao meu amigo Wemerson Cláudio que me indicou a série, obrigado!

Veja também: 

Das séries que amamos (?) – 13 Reasons Why

 

POST PATROCINADO – Carregador e Suporte de Mesa para Iphone

Cada aparelho que utilizamos traz um tipo diferente de conexão, e elas podem ser micro ou mini UBS ou entradas padrões de acordo com a marca do aparelho. Isso implica que em cada aparelho, existe um cabo diferente para recarregar as baterias. Se você está cansado de tantos cabos e carregadores de celular e tablets. Eis a solução que pode facilitar a sua vida:

Este é o “Charger + Sync Dock” que você pode adquirir no site da TOSAVE. É só encaixar o aparelho no adaptador e conectar na entrada USB do PC. Olha que legal e estiloso e muito mais organizado que ficou na minha mesa de trabalho:

Sobre a Tosave: 

TOSAVE.com é uma empresa de comércio eletrônico on-line que oferece dezenas de milhares de produtos, incluindo produtos eletrônicos de consumo, acessórios de computador, jogos de vídeo, acessórios para iPhone, lanterna e produtos de comunicação em estoque com preços imbatíveis e prontos para envio à velocidade de iluminação.

Férias 2016: O lindo Marco Zero de Recife!

O Marco Zero, na Praça Rio Branco, no Recife Antigo é referência turística da cidade e conhecido como local de fundação da cidade do Recife e também como ponto inicial de contagem das distâncias calculadas a partir da cidade.

Reprodução: Antoniotur.

 

Em volta do marco zero encontra-se, pintada no solo pelo pintor Cícero Dias, a Rosa dos Ventos, inspirada na obra do pintor “Eu vi o mundo. Ele começava no Recife”.

Recife Antigo
Reprodução: Antoniotur.

O lugar é um dos pontos mais importantes na capital Pernambucana, pois é também uma região de forte movimento durante o Carnaval, com a Central do Carnaval. Espaço de apoio aos foliões durante a data festiva que no restante do ano funciona como acervo da memória carnavalesca, com restaurantes e serviços ao turista.

O Marco Zero de Recife. Imagem: Blog dos Pernés

Aproveite também no local o Parque de Esculturas e os edifícios do Centro Cultural da Caixa e da Associação Comercial de Pernambuco, e o Museu Cais do Sertão. Além disso vale a pena visitar o novo Mercado de Artesanato, que traz peças de mestres artesãos e outros artistas reconhecidos de todo o estado.

Thiago Perné Santos, do Marco Zero de Recife para o Brasil. Imagem: Blog dos Pernés

Desde 2000, em homenagem aos “500 anos de Descobrimento do Brasil”, do Marco Zero, olhando para o mar, se vê o Parque das Esculturas: um conjunto de peças de cerâmica produzidas pelo artista plástico Francisco Brennand onde se destaca a Coluna de Cristal. Há um porto no local de onde é possível fazer a travessia de barco para o parque a fim de ver as obras de perto.

Leia também:

Férias 2016 – Recife, do Lixo ao Luxo (e vice e versa)

O melhor combo: “Jalapeño Bacon Burguer” e as “Fritas Trufadas” – The Fifties Recife

Responsabilidade Social: Acessibilidade no Shopping Rio Mar Recife