Luana Piovani e a moda sustentável

Toda mulher adora um mimo. E muitas delas ama pode “ostentar” o seu mimo, se for de grife então, mais ainda.

Mas senta que lá vem coisa boa meninas. Ousar? Sim. Comprar réplicas? Não.

Mas, Thiago, então quais alternativas da mulher que deseja aqueles produtos incríveis que remetem a exclusividade e qualidade que apenas marcas como Chanel, Prada e Louis Vuitton e em tantas outras marcas de renome internacional tem, mas que estão fora do orçamento de boa parte dessa mulheres?

O reuso, da @cansei_vendi.

Não conhece? Calma que explico.

Trata-se de uma plataforma de venda de acessórios de luxo seminovos, no qual a atriz e apresentadora Luana Piovani é a mais nova sócia.

E olha só, além de poder te uma peça que pertenceu a bela Luana, no qual sou grande fã, por um preço bem mais acessível, você apoia o reuso que é tendência mundial, acaba dando oportunidade ao consumo inteligente, pois se paga menos por uma peça que dura a vida toda. Vamos conhecer algumas peças a venda?

A ideia que nasceu no Instagram em 2013, preza pelo consumo responsável e sustentabilidade no mundo da moda, ideais que a nova sócia defende em seu dia a dia.

Eu sempre acreditei no consumo responsável e tento praticar isso no meu dia a dia. Quando falamos de bens materiais tudo o que poderia ser produzido já foi, livros, brinquedos, roupas, acessórios, etc. Gosto de ver essa energia rodando e as pessoas mais conscientes sobre o ter, por isso resolvi me juntar às meninas do @cansei_vendi e criar uma rede de consumo mais consciente e inteligente”, comenta Luana. 


Luana já contou a novidade nas redes sociais, inclusive anunciando que as bolsas que aparecem nas fotos já estão disponíveis.

“Senhoras e senhores, comunico a todos que acabei de ampliar meus horizontes!! Entrei de sócia no @cansei_vendi e estou muito feliz! Estava ha tempos procurando algo que acreditasse para poder me envolver, a carreira d atriz é tao cheia d altos e baixos que queria sim investir em algo que me trouxesse mais segurança. É uma empresa comprometida, responsável, que incentiva um consumo consciente e me identifiquei de prima. Nunca mais comprar bolsas novas.Menores preços, inúmeras opções e inteligencia na escolha, quem não quer??”.

As sócias da plataforma, Leilane Sabatini, Carolina Leonhardt e Ana Carolina Darde estão entusiasmadas com a parceria. “Ter uma pessoa como a Luana no nosso time é a prova de que nosso esforço para uma moda sustentável não é em vão. A voz dela é super forte e temos certeza que mais e mais pessoas serão atingidas por essa consciência”, afirma Leilane, fundadora do @cansei_vendi.Todas as peças vendidas pelo site possuem duplo aval de autenticidade e é possível encontrar até itens que nunca foram usados. Chanel, Louis Vuitton e Prada são algumas das marcas mais procuradas pelos consumidores.

Serviço
Site Oficial e E-commerce: www.canseivendi.com.br
Instagram: @Cansei_Vendi

Contato: contato@canseivendi.com.br/ Whatsapp: (11) 97643-3112

Leia também:

Especial Beleza: Óleo de Pequi

Diva do dia: Betty Lago – Das passarelas a TV

 

Violência Sexual – Denuncie!

 

A beleza da diversidade, do talento e do respeito

Em 2004, a Unilever lançou a campanha “Real Beleza” da Dove e conquistou a todas (os), até aquelas mulheres consideradas gordas, magras, baixas e altas, de todas classes sociais. Entre elas, estavam as loiras, as morenas, as ruivas, e até as negras.

A campanha foi tão boa que rendeu mais de 2,5 bilhões de dolares de lucro à empresa. Mas, em geral, a sociedade ainda rotula essas mulheres, devido ao padronização da beleza.

Em 2006, a atriz com Síndrome de Down, Joana Morcazel, viveu a Clara, filha de Helena, personagem de Regina Duarte na novela Viver a Vida, da Rede Globo.

Joana Morcazel e Regina Duarte. Imagem: Rede Globo/ Reprodução

Mãe e filha em cena mostraram ao Brasil os desafios de vida e preconceitos que as pessoas com deficiência sofriam e a importância do amor e respeito que devemos ter por todas pessoas independente de deficiência ou não. Mas, apesar da boa aceitação do tema na mídia, o preconceito ainda existe.

Segundo a revista Carta Capital (2016), o trabalho escravo ainda existe no mundo. E, no Brasil, 95% desses trabalhadores são homens.

A realidade no mundo mostra que a ganância massacra o amor. — Infelizmente o trabalho escravo ainda existe. Imagem: Reprodução.

De 1995 até 2016, mais de 50 mil foram libertos de situações análogas a de escravidão em atividades econômicas nas zonas rural e urbana. A notícia é boa, mas infelizmente ainda é cedo pra comemorar.

É triste e até revoltante que, em pleno 2017, ainda existam pessoas tão burras que se acham no direito de diminuir outros por estarem fora dos padrões  de beleza imposto por eles mesmos. E, ainda mais, tão preconceituosas e desinformadas que insistem em não perceber que todas as pessoas com ou sem deficiência são iguais, e tem as mesmas capacidades e necessidades físicas, mentais e emocionais.
E tão cegas para não enxergarem que não é preciso diminuir pessoas com trabalhos humilhantes.

A modelo brasileira Brenda Costa, já rodou o mundo com sua beleza e talento. Detalhe: ela é surda e não permitiu que a deficiência a impedisse de ser uma das tops models mais influentes do mundo. Imagem: Reprodução

 

Leonardo Migiorin e Otávio Mesquita com os talentosos e inteligentíssimos atores com síndrome de Down. Juntos atuaram no filme “Colegas”, e consquistaram a crítica. Com bastante talento, os atores mostraram que uma pessoa com deficiência também pode e deve levar uma vida feliz. — O filme ganhou vários prêmios e até foi cogitado para representar o Brasil no Oscar. – Imagem: Reprodução

 

Gabourey Sindibe é atriz obesa e negra, está fora do padrão da beleza imposto pela sociedade, ainda assim com muito talento deu vida à personagem “Preciosa”, filme que emocionou o mundo e papou vários prêmios incluindo o Oscar e Globo de Ouro de melhor atriz para M’onique, que fez sua mãe, e também de melhor roteiro original. Imagem: Reprodução

Sim. Homens e mulheres, crianças ou idosos podem e devem ser mais amados independente das condições em que se encontram. Não é o status na sociedade, a deficiência ou a falta dela, o desemprego, a cor da pele, o cabelo ou o tamanho do quadril que fará essas pessoas inferiores a outras.

Pense grande, veja além do seu quadrado, que oportunidades existem para todos e somos todos iguais. Quem faz o seu sucesso ou o seu padrão de beleza é você. #DigaNãoAoPreconceito

Veja também:

Artigos sobre Inclusão, Surdez e Língua de Sinais

Crianças com Síndrome de Down encantam a moda goiana

O brilho de Larissa Manoela!

Com apenas 16 anos, já participou de 3 peças de Teatro, 3 novelas, 4 discos, 4 dublagens, 6 filmes. E já deu vida a Maria Joaquina, Guilhermina, Dalva, Malu. Além de Bia, Manuela e Isabela. A interprete de tantos personagens, é simplesmente o fenômeno Larissa Manoela, ou simplesmente “Lari”.

Foto: Reprodução/ Site Oficial

Nas livrarias com “O Diário de Larissa Manoela”, ela já ultrapassou a marca de 130 mil livros. Sua carreira na televisão iniciou aos 6 anos de idade, e já passou pela GNT e Globo.

Foto: Reprodução!

No SBT desde 2012, seu contrato vai até 2018. Seu primeiro trabalho, foi quando interpretou Viviane em Corações Feridos. Mas ficou conhecida nacionalmente ao interpretar a mini vilã Maria Joaquina em Carrossel. Que virou até desenho animado, e que teve um spin-off em Patrulha Salvadora. Seu último trabalho, na emissora foi Manuela e Isabela no remake de Cúmplices de um Resgate. Novela campeã de audiência e em licenciamentos, ultrapassando até mesmo Carrossel.

Foto: Reprodução/ SBT

 

Foto: Tríade Jeans

 No cinema atuou com Selton Mello em O Palhaço, e acaba de terminar as gravações no longa Meus Quinze Anos.  Além do dom de atuar, ela também canta e atualmente faz shows pelo Brasil afora.

Site Oficial: Larissamanoela.com.br

Instagram: @lmanoelaoficial: 8 milhões de seguidores;

Facebook: Larissa Manoela News: 1 milhão e meio de seguidores;

Twitter: @larimanoela: 1 milhão de seguidores.

E-mail: contato@larissamanoelaoficial.com.br

Na TV, no Teatro ou nos Palcos a estrela fatura alto também com quase 100 produtos licenciados.

Foto: Thiago Perné Santos e Larissa Manoela, em 2012 – o meu segundo encontro com a estrela..

Já tive o prazer de conhece-la e de reencontra-la. E gostaria de repetir o bis.

E uma coisa é certa: Lari é um doce, se expressa muito bem, tem talento, tem carisma, arrasta multidões por onde passa e soma milhões de seguidores nas redes sociais. Sua estrela à de continuar brilhando!

Foto: Reprodução/ Site Oficial

Leia mais no Blog:

Novo Encontro com Larissa Manoela

Veja São Paulo: O fenômeno da novela “Carrossel”

Catálogo: Larissa Manoela e Jean Campos de Carrossel

Diva do dia: Evita Peron

800px-Eva_Perón_vestida_lujosamenteMaría Eva Duarte de Perón, conhecida como apenas Eva ou Evita, foi uma atriz e líder política argentina. Tornou-se primeira-dama da Argentina quando seu marido, Juan Domingo Perón foi eleito presidente.

Além de extrema beleza e muito talento, ela era bem corajosa e podemos dizer que para muitos, foi a única voz retumbante no coração do povo pobre e trabalhador da Argentina; foi, para os miseráveis, a única referência confiável e capaz de unir, com um simples gesto todas as vontades em uma só, todas as vozes em uma só, a voz do povo explorado pela classe rica e insensível às suas necessidades mais elementares.

Para esses, este milagre, só Evita conseguiu operar.

Eva_Peron_Saluda_A_Su_Pueblo

O mais impressionante na história da vida de Eva foi o caminho que ela percorreu na vida pública. Entre o anonimato ao mais absoluto resplendor pessoal e político da vida e em seguida a morte, tudo ocorreu em apenas 7 anos.03f30516b051d5ef5824f75a5011ef70

Além de estar sempre linda e elegante como primeira dama, tornou-se uma das mulheres mais importantes e poderosas do mundo e da história da Argentina.

Eva&Juan

Na breve existência (morreu aos 33 anos de idade) há muitos mistérios, mas também uma personalidade marcante. Tanto é que influenciou gerações.

No cinema: A cantora Madonna, viveu Evita no cinema e recebeu vários prêmios por ter vivido uma personagem da história tão memorável.

Madonna_Evita2
Madonna viveu Evita em Musical aclamado pela crítica especializado, levando vários prêmios

Curiosidades sobre o filme:

  • Madonna obteve o papel principal depois de escrever uma carta ao diretor Alan Parker onde o convencia de que ela era perfeita para o papel de Evita.
  • Madonna troca de roupa 85 vezes no decorrer do filme, mais do que Elizabeth Taylor em Cleópatra. Madonna usou 39 chapéus, 45 pares de sapatos e 56 pares de brincos.
  • Cher, Meryl Streep e Maria Conchita Alonso foram consideradas para o papel de Eva.
  • Michelle Pfeiffer também foi considerada para o papel de Eva Perón quando o filme estava para ser dirigido por Oliver Stone. Ela inclusive treinou durante alguns meses a voz para o papel.
  • O filme causou uma enorme polêmica na Argentina, pois muitos consideravam uma ofensa à memória de Eva Perón

Prêmios e Indicações: 

Oscar 1997 (EUA)

  • Venceu na categoria de melhor canção originalYou Must Love Me
  • Indicado nas categorias de melhor direção de arte, melhor fotografia, melhor edição/montagem e melhor som.

BAFTA 1997 (Reino Unido)

  • Indicado ao prêmio Anthony Asquith Award para música original de filme.
  • Indicado nas categorias de melhor fotografia, melhor figurino, melhor edição/montagem, melhor maquiagem, melhor roteiro adaptado, melhor som e melhor produção de arte.

Globo de Ouro 1997 (EUA)

  • Venceu na categoria de melhor filme – comédia / musical, melhor canção original – cinema (You Must Love Me) e melhor atuação de atriz em cinema – comédia / musical (Madonna).
  • Indicado nas categorias de melhor diretor, melhor atuação de ator em cinema – comédia / musical (Antonio Banderas).

MTV Movie Awards 1997 (EUA)

  • Indicado nas categorias de melhor atuação feminina (Madonna) e melhor canção de filme (Don’t Cry For Me Argentina).

Na moda: 

Evita era vaidosa, e sempre estava impecável, dos vestidos de gala, das jóias, dos penteados, os chapéis, nos momentos que acompanhava o marido em reuniões políticas, e quando visitava crianças na fundação que levava seu nome. Não importa a ocasião, ela sempre estava divinamente bem vestida e penteada.

935383ce83f174d8f0030128bc69b4c8

2118 Mme Eva Peron en visite a Paris a l occasion de la signature du traite commercial Franco argentin en 1947 Credit : Rue des Archives/AGIP 18, rue Le Bua 75020 Paris France

508367

img-511689-evita-peron20130517101368796309

MTE5NDg0MDU1MDk4MTk3NTE5

Das roupas e acessórios preservados, muitos estão expostos no Museu Evita em Buenos Aires e/ ou em exposições itinerantes pelo mundo.

images (1)

 

Muestra-H.L-Eva-Peron

E ainda falando em Evita e a moda, haja inspiração para estilistas. como por exemplo do estilista argentino Jorge Ibanez que montou um desfile cheio de classe em Buenos Aires.

1221387h360

evita-peron-moda-jorge-ibanez-2010-02g

evita-peron-moda-jorge-ibanez-2010-03g

 

evita-peron-moda-jorge-ibanez-2010-06g

Não é o máximo? Viva Evita!

Leia mais:

Leia também sobre as nossas outras Divas: Grace Kelly, Betty Lago, Carmem Miranda e Frida Khalo.

Entrevista Inédita: Débora Olivieri

photoDébora Ida Szafran, ou Débora Olivieri como é mais conhecida, tem 58 anos de idade, sendo 42 de atriz. Ela tem duas filhas, a Julia de 31 anos e a Fernanda de 28. Já fez muita teatro, cinema e novela. Namora atualmente o holandês Rudd Dankers, que conheceu através do aplicativo de relacionamentos Tinder.

Quais cuidados que você tomou e que devem ser tomados pelos que usam esse tipo de aplicativo?

Minha filha insistiu para que eu entrasse neste aplicativo e conhecesse alguém interessante. Resisti bastante, mas eu estava há 15 anos sem me relacionar com ninguém e sentia falta de um companheiro.

O Ruud estava no Rio, tinha chegado ao Brasil naquele dia. Procurei na Interpol e na internet tudo o que pudesse ter sobre ele contra ou a favor. Começamos a conversar, saímos e, desde então, sempre que possível estamos juntos. E por incrível que pareça tive muita sorte. Não conseguimos ficar mais de um mês separados e posso dizer que fui sorteada sozinha na Mega Sena, ao encontrar este amor incrível, sincero, honesto e cheio de outros adjetivos absolutos que me fazem feliz e completa.

deborah-olivieri
Débora e Rudd

Por que escolheu atriz, como profissão? Sabe dizer quantas participações em Novelas, Filmes e Teatros? Qual mais gostou?

 Sou atriz há 42 anos e amo o que faço. Acho que foi a profissão que me escolheu. Amo ser atriz, desde criança. Se for contar todas as participações não caberia nesta entrevista. Mas confesso que meu melhor papel é sempre aquele que vivo no momento. Não consigo lhe dizer o melhor deles. Gosto de todos eles. Vivo o presente e dou a cada personagem a vida que ele merece.

Já trabalhou em algo que não gostava? Na sua opinião  qual a importância em trabalhar com o que gostamos? 

Já fui gerente de boutique, tesoureira de banco e trabalhar com o que gosta e viver do que trabalha é tudo na vida. Todos trabalhos que fiz foram necessários para sobreviver, mas junto a isso, sempre fui atriz, tendo começado aos 16 anos. Por sorte, hoje sou independente com na minha profissão, e isso não tem preço.

g1
Com Glória Pires, Thalita Lippi, Thiago Rodrigues e outros colegas de elenco da novela Guerra do Sexos.
213197
Semiramis, a personagem em Guerra dos Sexos. FOTO: Rede Globo.

Quais preparativos que você faz para viver uma personagem? Consegue se desligar da personagem quando acaba a gravação? 

Sou muito dedicada a cada personagem que recebo para viver. Estudo muito e quando saio do teatro, set de filmagem ou TV, deixo os personagens no cabide do camarim e não os levo para casa.

Na TV já foi a Inês de Terra Nostra, Matilde de Aquarela do Brasil, Carmem de Chiquititas, Semiramis de Guerra dos Sexos, e atualmente vive a Ana de Êta Mundo Bom! Qual desses personagens foram mais marcantes?

Viver a Inês de Terra Nostra me deu muito prazer. Talvez posso dizer que que até agora foi o que mais gostei.

Em Chiquititas viveu a vilã Carmem. Também se mudou para Argentina? Como foi trabalhar com crianças?

 Sim, vivi na Argentina por quase 4 anos, e amei essa experiência. Adorei a experiência de trabalhar com crianças e saber que influenciei artisticamente mãos deles. Às vezes encontro o pessoal que agora são adultos, e acho lindo ver a trajetória que cada um deles seguiu.

1998-99
Em Chiquititas ela viveu a Carmem por 3 temporadas e contracenou com muitos artistas talentosos e reconhecidos hoje em dia: como Flávia Monteiro, Oscar Magrini, Fernanda Souza, Jonata Faro, Carla Diaz, Nelson Freitas entre outros. (Foto de 1998, 1ª Temporada da novela)

 

deborah-olivieri-a-rosa
Caracterizada como Rosa, personagem que viveu recentemente no Teatro, na peça de mesmo nome.

Hoje, está novamente na Globo, mas já trabalhou em várias emissoras, passando por SBT, Band e Cultura. O que mudou na TV nos últimos 30 anos na sua opinião para melhor e para pior? O que você acha da programação televisiva hoje? Qual o futuro da TV?

Acho que é um avanço a TV se acoplar com a internet. E creio que quanto mais emissoras e programas alternativos houver, melhor será para o ator que tem mais oportunidades de trabalho e melhor será aos espectadores, no sentido do poder de escolha por ter variedades. Não haverá monotonia e cada um poderia ver o que quiser em que veículo puder ver e a qualquer hora. Muita coisa mudou nestes últimos anos e acho que muito ainda haverá de mudar. Gosto disto: Mudanças e avanços.

debora
Arquivo Pessoal da Atriz.

O que faz e gosta de fazer nos momentos de folga?

Gosto de ir ao cinema e ao teatro. Amo ouvir música, ler e correr, ler. E de vez em quando, não faço nada mesmo (risos).

E viajar? Das Viagens pelo Brasil e mundo: onde já foi? Qual lugar preferido? E onde ainda não foi e quer ir?

Amo viajar e sempre que posso viajo. Já fui a China fazer cinema e adorei a experiência. Na Argentina como já disse, morei por 4 anos, devido as gravações de Chiquititas.

Amo a Holanda e na Europa amo Itália, Espanha, Portugal Quero conhecer mais e mais. Amo também Nova York e confesso que do Brasil conheço pouco. E quero muito viajar um pouco no Brasil e conhecer Natal, O Pantanal, Fernando de Noronha e Inhotim.
Quais os projetos e expectativas para o futuro como atriz, mulher e brasileira?

 Queria muito ver o Brasil sair desta situação tão difícil que se encontra. Queria muito um Brasil sustentável, honesto e diversificado. Queria que o futuro fosse mais saudável e menos desigual.  Meus projetos de futuro são estar sempre com lindos personagens para viver, e muita saúde para sempre estar no ar, no palco e no set de filmagem. Amo trabalhar e é isso que quero. E claro: Mais amor, por favor.

Débora,

Agradecemos o carinho e atenção para conosco. Estamos lisonjeados e muito felizes por poder nos respondido e cedido seu tempo para responder essas perguntas. Desejamos muita saúde, amor e felicidades, pois você merece!

Mande lembranças para o Rudd, para a Luciana e Fernanda.

Abraços!

Continue reading “Entrevista Inédita: Débora Olivieri”

Resenha – Filme: Os 33

A saga dos 33 mineiros chilenos que, em 5 de agosto de 2010, foram soterrados na mina em que trabalhavam foi acompanhada mundialmente, não apenas pela torcida para que se salvassem mas também pela complexa e vitoriosa engenheira utilizada para retirá-los do local.

os-33-evideoclipe

Um enredo suficientemente forte para justificar um filme do padrão Hollywood. E pensando nisso que fui ao cinema e não me decepcionei. Vamos a história?

Elenco: 

O filme conta com uma grande diversidade de atores como do irlandês Gabriel Byrne, a francesa Juliette Binoche, o brasileiro Rodrigo Santoro e o espanhol Antonio Banderas.

33_2-750x380

Gênero: Drama

Duração: 145 min.

Distribuidora: Fox Film

Estreia: 29 de Outubro de 2015

 

Enredo:

Foram 69 dias embaixo da terra, tendo que lidar com o inevitável calor decorrente de estar em um ambiente fechado e, durante boa parte deste período, com racionamento de comida e água. Tudo isto em um grupo de 33 pessoas, que se viram presos e à beira da morte, nas profundezas de uma mina de ouro e cobre no deserto do Atacama, em 2010. 33 mineiros de diferentes personalidades e crenças, o que também trouxe dificuldades em relação ao convívio e tensão. Seja no clima claustrofóbico e assustador dos mineiros, temerosos da morte e cogitando a possibilidade de canibalismo, até o desespero de quem está acima da terra.

295847

Abandonados pela direção da mina, que procurou primeiro abafar o caso e depois alegou não ter como resolvê-lo precisaram contar com o6a944-15301300 esforço do Ministro das Minas, Laurence Golborne (vivido por Rodrigo Santoro), misturado à preocupação do governo chileno com a sua imagem pública, para manter as esperanças de rever os familiares e a luz do dia.

No final Os 33 atinge seu objetivo. O resgate deu certo e foi emocionantes assistir o encontro dos mineiros com seus familiares depois de tanto tempo. O filme contou de forma adequada a saga surpreendente dos mineiros chilenos, com direito a homenagens aos mineiros nos créditos finais. Um drama muito bem feito aos meus olhos e indico a todos.

Entrevista Inédita: Fernanda Pontes

Ela tem 33 anos, mora em Orlando/FL (isso mesmo lá nos Estados Unidos).

Está casada a 5 anos com o empresário Diogo Boni, é a mamãe da Malu de 3 anos e do Mateus de apenas 1 aninho.

Formou-se em Jornalismo, já fez novelas, e além de atuar ama praticar esportes e trabalhar na Globo Internacional como apresentadora do Planeta Brasil.  Ela é linda, querida, guerreira, simpática e brasileira! Com vocês: Fernanda Pontes.

 

Fernanda: Sempre com sorriso no rosto!
Fernanda: Sempre com sorriso no rosto!

 

 Você sempre quis constituir família ou isso veio naturalmente?

Venho de uma família bem tradicional. Meus pais são casados há 36 anos e eu sempre sonhei em casar e constituir uma família sólida ao lado de um grande amor!

Qual a diferença em ser mãe de menina e de menino?

Tem muita diferença, começando pela personalidade. Mas embora a Malu seja mais agitada e o Matheus mais calminho, os dois são muito carinhosos. Como menina tive que aprender a brincar de carrinho, de super-heróis e várias outras brincadeiras de “meninos” para interagir com o Mateus, já com Malu foi natural. Mas o que posso dizer é que hoje sou uma mulher extremamente realizada em ter os dois na minha vida. Ser mãe é o maior milagre que Deus me deu!

Fernanda com marido Diogo Boni e com os filhos Mateus e Maria Luiza (Foto: Caras Brasil)
Fernanda com marido Diogo Boni e com os filhos Mateus e Maria Luiza (Foto: Caras Brasil).

Pelas redes sociais, você está sempre praticando esportes. Atividades físicas é o segredo da boa forma após duas gestações?

Sempre pratiquei esportes, desde criança, acho importante cuidarmos da nossa saúde em primeiro lugar. Amo fazer exercícios ao ar livre, e ao passar por duas gestações que foram muito saudáveis, isso ajudou muito o pós parto! Gosto de me cuidar, mas não sou radical, me permito comer o que eu sentir vontade.

Participou de grandes sucessos na TV Globo com atriz, qual mais gostou de fazer?

Sem dúvida a minissérie Gabriela. O Elenco era incrível, nos divertíamos muito e aprendi muito com a maravilhosa Laura Cardoso!

Ao lado de Thiago Martins, trabalhou recentemente com a peça “O Grande Amor da Minha Vida” aí nos EUA. Como foi voltar a atuar e participar deste projeto?

Foi simplesmente mágico, principalmente por ter tido minha filha na plateia, por ter levado cultura do Brasil para muitos brasileiros que moram fora do País e ter trabalhado novamente com o Thiago que além de ser um super ator é um ser humano incrível.

O que mais gosta de fazer atuar ou apresentar?

Amo atuar, mas apresentar sempre foi a minha paixão.  Estou muito feliz na Globo Internacional, apresentando o Planeta Brasil.

Atualmente apresenta o Planeta Brasil para a Globo Internacional.
Atualmente apresenta o Planeta Brasil para a Globo Internacional.

Falando em apresentar, qual a diferença em apresentar o Planeta Brasil para a Globo Internacional e de ter apresentado a TV Globinho?

Amava fazer a TV Globinho, tudo que se faz para crianças é especial! Mas no Planeta Brasil também tenho chances de relembrar isso, quando tem programas especiais como o Dia das Crianças.

Qual o foco do Planeta Brasil? E aqui no Brasil como podemos assistir?

O Programa fala da vida de brasileiros de sucesso nos EUA, mostra a vida como ela realmente é, contamos histórias emocionantes que mexem muito comigo! Além disso tem muitas matérias de atores e cantores brasileiros que vem até aqui a passeio. O Planeta Brasil passa em 26 países pela Globo Internacional, mas infelizmente não passa no Brasil ainda.

Se não fosse atriz e apresentadora, o que acha que estaria fazendo hoje? Você se imagina casada, com dois filhos e morando em outro país?

Nossa nem sei o que seria viu (risos). Não nunca imaginei viver o que estou vivendo hoje e estou muito feliz! A vida realmente nos surpreende.

 Sabemos que você ama a oportunidade de morar em Orlando, mas de fato qual a diferença de morar aí para o Brasil, ou para ser especifico, de no Rio de Janeiro?

É bem diferente, apesar de Orlando ter virado um mini Brasil (risos).

A cultura, os costumes, a disciplina na escola, as oportunidades que todos têm de forma igual e isso eu acho incrível. Aqui se você trabalhar duro você consegue ter o que você sonha! Mas claro, sinto falta do calor humano do meu país, da convivência diária com os amigos e minha família.

Acha que os valores americanos são diferentes do Brasil? Acredita que os brasileiros de fato encontram felicidade ao buscar uma vida melhor em outro país?

Bem diferentes sim. Aqui é o país das oportunidades, não é uma vida fácil, mas como falei se você fizer por onde você consegue atingir os seus objetivos.

Acredito que você tem que estar bem com você mesmo para estar feliz e bem em qualquer lugar do mundo. Saber onde quer chegar e ter objetivos é essencial para se obter sucesso.

Já vi relatos que brasileiro não é muito bem aceito e bem tratado nos EUA, acha que existe talvez algum tipo de preconceito?

Nunca senti nenhum preconceito. Aqui existem regras que realmente funcionam independente da nacionalidade da pessoas, basta você respeita-las que será respeitado.

Em 2010 com Diogo, o então namorado na época em uma viagem ao seu destino favorito: Nova Iorque! (FOTO: acervo pessoal da atriz, reproduzida pelo site EGO).
Em 2010 com Diogo, o então namorado na época em uma viagem ao seu destino favorito: Nova Iorque!                                      (FOTO: acervo pessoal da atriz, reproduzida pelo site EGO).

Quais as dificuldades que você e sua família imediata como brasileiros enfrentam morando nos EUA?

Dificuldade temos em qualquer lugar do mundo, a vida é feita de desafios e você tem que estar preparado para ultrapassa-los sempre! Mas a maior e principal dificuldade é ter que lidar com saudade da família que ficou no Brasil, da convivência diária, das feijoadas e almoços de domingo.

Quais os projetos para 2016 na família, no lazer e no trabalho?

Não sou de fazer planos para o futuro, sempre fiz por onde que tudo que almejo vem.

Mas agora em 2016 haverá muitas novidades no Planeta Brasil, irei viajar bastante por todo EUA, e estou bem empolgada.

Fernanda Pontes: "Sempre gostei de praticar esportes".
Fernanda Pontes: “Sempre gostei de praticar esportes”.

__________________

Jogo rápido

Cor: rosa

Salto ou tênis: tênis

Saia ou Calça: calça rasgada

Moda: crio a minha própria

Comida: feijoada

Sobremesa: brigadeiro

Bebida: agua

Trabalho: minha paixão

Dinheiro: nunca pode vir em primeiro lugar

Casamento: realização

Filhos: um sonho

Amigos são: escolhidos a dedo

Fé: Acreditar sempre

Deus: Gratidão

Felicidade é: Ter toda minha família comigo

Esperança: um mundo melhor para as crianças

Música: adoro música Gospel

Cantor: Michel Bubble

Cantora: Ivete Sangalo

Inglês ou Português: Português

Atriz: Susana Vieira

Ator: Toni Ramos

Filme: Em busca da Felicidade

Esporte: Surf

Livro: Boni

Viagem favorita: NY

Viagem que ainda não fez e quer fazer: Maldivas

Uma frase: Querer é poder e conseguir!

Fernanda por Fernanda: Guerreira

 

 

________

Fê, 

Estamos muito felizes pela atenção dedicada a nós, amamos cada resposta e momento que passamos “juntos” mesmo que virtualmente. Agradecemos e desejamos muito alegria no trabalho e muita saúde na família, pois o resto a gente dá um jeito né? Um grande beijo e estamos a disposição!

 

Nota: Essa entrevista é inédita e foi concedida ao Blog dos Perné’s em Janeiro de 2016, diretamente pela apresentadora Fernanda Pontes, por e-mail.

Créditos de Entrevista: Thiago Perné Santos

Créditos de fotos e direito de imagens: Assessoria da apresentadora Fernanda Pontes.

 

Para ler outras entrevistas que publicamos:

 

Diva do dia: Betty Lago – Das passarelas a TV

“A gente tem muito mais força do que imagina”, foi uma das frases que ela disse em sua última entrevista em julho de 2015 para o Domingo Espetacular, da TV Record.

Sucesso nas passarelas internacionais nos anos 70 e 80, atriz de filmes e quase 30 novelas, apresentadora de vários programas de TV, ela sempre tinha fé e tanta vontade de vencer um câncer na vesícula que nunca deixou de mostrar um belo sorriso no rosto. Infelizmente o câncer a venceu na madrugada deste domingo, 13/09/2015.

Quando iniciamos o “Diva do Dia” aqui no Blog dos Pernés pensamos em transmitir a alegria, o carisma, a beleza natural e a força das mulheres brasileiras. E naturalmente  ao falar disso, não se esquece dessa mulher fenomenal. Com vocês: Betty Lago.


– “Eu me acho linda de qualquer jeito. E isso ninguém tira de mim. Nem um câncer, disse Betty Lago para a Vogue Brasil. 

A carreira de modelo: 

Depois de ser descoberta pelo fotógrafo Evandro Teixeira, mudou-se para o exterior em 1977. Por 15 anos, brilhou em passarelas do mundo e estampou capas e editoriais de moda de diversas revistas famosas da Itália, França e Estados Unidos. Trabalhou para estilistas como Pierre Cardin e Azzedine Alaïa, Valentino, Thierry Mugler. 

O estilista italiano Valentino Garavani, para quem Betty desfilou várias vezes nos anos 80 em Paris, deu um depoimento ao jornalista Bruno Astuto sobre a ex-modelo e atriz. “Ela foi uma das grandes musas que o Brasil deu à moda”. Completou: “Quando ela andava na passarela, fazia-se silêncio na plateia. Ela não era uma modelo clássica, era como uma imperatriz encantando o público com sua presença, encarnando uma diva nada amigável, com o queixo para cima. Aqueles olhos incríveis olhavam para você com orgulho, além daquele inacreditável nariz aristocrático. Quanta magia! Descanse em paz, minha querida amiga”.
Para a Vogue Itália, em 1987.



“Era uma modelo cheia de personalidade e uma mulher extraordinária. Trabalhou para mim diversas vezes. Fazia parte dessas brasileiras magnéticas“, disse Azzedine Alaïa.


Do glamour do mundo da moda para as novelas:

Ela começou a carreira de atriz na TV Globo, na minissérie “Anos Rebeldes”, em 1992, de Gilberto Braga. Esteve ainda em “Sex Appeal”, “Vira-lata”, “O quinto dos infernos”, “Pé na jaca” e “Guerra e paz” e “Quatro por Quatro” e vários outras.

Em Quatro por Quatro, ela fez a Abigail e uniu forças contra os homens com Babalu (Letícia Spiller), Auxiliadora (Elizabeth Savalla) e Tatiana (Cristiana Oliveira). 
Porém a vingança contra os homens não deu muito certo, tanto é que a última cena do último capítulo elas acabaram no mesmo lugar que estavam no primeiro, na cadeia. Mas a vingança continuaria. 

Na TV fechada, Betty estreou como apresentadora no programa GNT Fashion em 1995, no canal de mesmo nome. No GNT, ela também participou como debatedora dos programas “Saia Justa” e “Pirei – Com Betty Lago”.

A descoberta da doença e a despedida


Ao se descobrir com câncer, Betty não permitiu que a doença tirasse seu sorriso e vontade de viver. Numa entrevista ela disse: Continuo trabalhando loucamente,  “cheia de gás”. Já em relação ao tratamento contra a doença, a artista admitiu que não era fácil encarar os procedimentos médicos. “Ninguém tira um câncer de letra, mas é possível tornar as coisas mais leves”, explicou. “Aprendi a lidar com a situação da melhor maneira possível, acredito que manter o bom humor é fundamental sempre – um câncer não pode ter o poder de tirar sua personalidade, por pior que ele possa se apresentar. Acho que não dá para morrer em vida, se deixar vencer”, finalizou. 

Vários artistas deixaram sua homenagem a Betty, a atriz Luana Piovani se despediu: “Quem a conhece sabe que atrás daquela figura extrovertida e hilária havia uma criança doce. Lembro dela dizendo: ‘Valorize-se Luana! Sempre se imponha, não abaixe a cabeça pra esses wanna be que acham que mandam. Se você se valorizar, todos farão o mesmo’… Conversávamos muito, passeávamos de carro ouvindo as fitas cassetes que ela gravava das rádios americanas e nos tornamos mais cúmplices ainda na época do Saia Justa. Mesmo quando divergíamos, sabíamos que eram opiniões diferentes e só. Nos amávamos e nos admirávamos. Meu coração está tristíssimo, sentirei muita falta dela, mas sei que ela está bem, ao lado do Senhor, rindo pra gente. A gente é que sofre por aqui… Betinha… Te amo”.

O trabalho mais recente da atriz em dramaturgia foi na novela “Pecado Mortal”, da TV Record.

Atualmente, Betty estava participando da quarta temporada do programa “Desafio da Beleza, no Canal GNT,  ao lado da modelo Mari Weickert e do maquiador Daniel Hernandez.



Amigos e parentes da Betty Lago,, foram ao cemitério do Caju, na Zona Portuária do Rio, para a cerimônia de cremação da atriz, que não queria velório. Em meio a muita tristeza e lágrimas, os presentes fizerem questão de frisar a imagem que fica de Betty: humor contagiante e jeito marcante de alegria e irreverência. 

Entrevista Inédita: Stela Freitas

 

Ela deu vida em 1978 a Cuca da primeira versão do Sítio do Pica Pau amarelo, esteve na novela de sucesso “Sassaricando” e no aclamado filme “Central do Brasil”. Hoje com mais de 40 anos de carreira e com 64 anos de idade, ela é mãe da Ana, atriz e diretora brasileira Maristela Andrade Freitas, mais conhecida como Stela Freitas fala da sua vida ao Blog.
Por que escolheu ser atriz?
Desde pequena eu queria ser atriz, foi o que eu fiz apesar das adversidades, nunca desisti. Procurei, estudei e trabalhei muito e continuo até hoje.
O que mudou na TV com o passar do tempo? Essas mudanças foram boas para a classe artística e como é sobreviver disso por tantos anos num país que passa por tantas crises econômicas?
O mundo mudou muito depois internet. Não só a TV, mas também a música, o teatro, e o áudio visual. Todos acabam se adaptando. Não podemos dizer o que será daqui em diante, talvez as novelas mudem.  As séries hoje são muito melhores, as produções independentes estão ocupando espaço. Não existe nenhuma segurança para o artista. Quem quiser segurança deve mudar de profissão, pois vivemos na corda bamba, desde a Idade Média e este é o nosso talento.
Cândida, a personagem aplicada da
“Escolinha do Professor Raimundo

Grandes investimentos são feitos pelas grandes Redes de TV. Mas as vezes penso que a qualidade da programação deixa a desejar, o que pensa sobre isso? O que acha ainda pode ser feito?

A TV aberta se destina a um público de baixa renda mas isso tem mudado. Existem muitas opções na web, as TVs sabem estão testando tudo pela audiência.
Penso que o melhor é apostar na diversidade de programas e no futuro deve ser “On Demand” (cada um escolhe sua programação).
O Sítio do Pica Pau Amarelo”, “Sassaricando”, “Senhora do Destino”, “Escolinha do Professor Raimundo” são alguns destaques da sua carreira. Como é fazer personagens para diferentes públicos? Qual a personagem que mais se identificou até hoje, qual mais gostou de fazer?

Gosto de fazer personagens bem diferentes, para públicos distintos, um exercício muito interessante. Gosto muito de fazer comédia, se for possível faze-lo em novelas (Sassaricando) ou em programas de Humor é muito bom. Mas se o personagem é bom, tanto faz, as vezes o drama pode ser muito rico.

“Carolininha” e Saraiva de Zorra Total
que tinham tolerância zero para perguntas idiotas.
Stella em pé atuando em Escolinha do Professor Raimundo com grandes nomes como Grande Otelo,
Tássia Camargo, Zezé Macedo e Claudia Jimenez – FOTO: Memória GLOBO
No Teatro o que fez que mais gostou?

” Foram tantas peças, tanta coisa boa e que gostei, dentre tantas posso mencionar “Aurora da minha vida”, “O doente imaginário” e “Querida Mamãe”. 
Amo as cenas de sua participação em “Central do Brasil”, onde viveu a Yolanda. Como foi fazer parte de uma produção tão premiada e internacional que mostrou a cara do povo brasileiro e contracenar com grandes nomes?

Central do Brasil foi um filme muito especial, principalmente pela direção de Walter Salles e pelos atores: Fernanda Montenegro, Marilia Pera, Vinícius de Oliveira, Othon Bastos, Mateus Nachtergaele, e muitos outros com menores participações. Tudo era muito bom: o roteiro, a fotografia, a arte, a produção, tudo isso com a direção segura e inspirada do Walter. Eu adorei fazer, era um papel totalmente diferente pra mim. Fernanda é uma grande colega além da generalidade como atriz, isso ajuda muito. Fizemos todas as nossas cenas de primeira.
O que gosta de fazer quando não está gravando?
Sou Coach: Life Coach (ajudo as pessoas realizarem seus sonhos). Gosto de ler, caminhar, fazer exercícios, viajar, sair com amigos, ir ao teatro e cinema.

 

Sobre amizades, tenho certeza que fez muitas amizades com grandes nomes da TV e Teatro, alguma em especial? 

Foram muitas amizades com muitos atores a atrizes incríveis que contracenei nessa trajetória de 40 anos, alguns são amigos queridos desde adolescência, além de grandes atores amigos, entre eles: Edwin Luisi, Cristina Pereira. Mais tarde: Sylvia bandeira, Betty Faria.Álbum:

Stela e um dos grande amigos, Edwin Luisi 

 

 

 

Divulgação de uma peça com a atriz Cássia Linhares
Com a filha Ana Freitas e a grande amiga Sylvia Bandeiras

 

 

Novo Encontro com Larissa Manoela

Boa tarde,
Estive de férias novamente e num dos dias de descanso fui a São Paulo, e olha que legal:
Encontrei mais uma vez a nossa querida amiga Larissa Manoela, isso mesmo a Maria Joaquina de Carrossel.
Fomos no Shopping Eldorado jantar e tiramos uma fotinha:

Ela estava mais linda como nunca, sempre educada e atenciosa. Beijos Larissa!
Ah, gente… Agora estou no instagram: @thiagoperne. Me sigam!